Header Ads

ad

Empresa: Expresso Timbira

Para conhecermos a história desta que foi uma das maiores empresas do Ceará, é necessário compreendermos um pouco da trajetória de Manoel Ferreira de Azevedo, fundador da Expresso Timbira.

Conhecido como “Manelito Grande”, iniciou suas atividades no setor de transporte em 1935, quando com apenas 19 anos de idade, adquiriu um caminhão e passou a viajar pelo interior cearense. Em 1946, já tinha três caminhões, em sua profissão de caminhoneiro autônomo. Nessa mesma época, Manelito, resolveu vender dois caminhões, ficando com o mais novo. Partiu daí, para transformá-lo num ônibus, começou então a fazer a linha Campo do Pio-Centro. Nascia assim a Viação Santa Cecília.

Com a expansão dos negócios, foi criada em 1968 a Expresso Timbira, iniciando suas operações com 10 ônibus Mercedes-Benz. Com sede em fortaleza e filiais em Teresina e São Luis, operava em linhas intermunicipais e interestaduais cruzando diariamente os estados do Ceará Piauí e Maranhão.
Em 1972 ocorre a fusão entre as duas empresas. Na época a Viação Santa Cecília era a maior empresa urbana de Fortaleza, possuindo linhas como: Circular Antônio Bezerra, Estação de Antônio Bezerra, Amadeu Furtado, Parque Americano e Parque Quitandinha. Unificando em uma só empresa, Manoel Ferreira de Azevedo baixaria custos operacionais e colaborava com a política do então presidente Médici, que visava reduzir a inflação.

Com a razão social de Expresso Timbira Ltda. a organização ostentava então o título de maior empresa de transporte de passageiros do Ceará, contando com mais de 80 veículos e 4 garagens situadas em Fortaleza, Teresina, Bacabal e São Luís.

Com o crescimento foi inaugurada em 1973 a ampla garagem situada na Rua Padre Cícero, esta que mantém até os dias de hoje. Em 1974 o grupo havia expandido para a implantação de uma construtora – a Imobiliária Santa Cecília –, para manter o nome e tradição da primeira empresa.

Em 1975, Timbira e Ipú-Brasília vencem a concorrência do DNER para concessão da linha rodoviária Fortaleza-Belém-Fortaleza. A Expresso Timbira colocava a disposição seus monoblocos 0355 da Mercedes-Benz, no longo trajeto pela BR-222.

Em 1982, a Expresso Timbira implanta o setor de cargas e encomendas, aprimorando seus serviços. Na década de 80, a maior movimentação era registrada no estado do Maranhão, onde a empresa dominava mais de 50% do mercado.


Linhas rodoviárias da Timbira na década de 80:
Teresina/São Domingos, Teresina/Barra da Corda, Teresina/Tuntum, Teresina/Vitorino Freire, Teresina/São Luís, Teresina/Codó, Teresina/Pedreira, Fortaleza/Belém, Fortaleza/Imperatriz.

No ano de 1997, adquire os imponentes El Buss 360 6x2, quase exclusividade da Timbira, pois eram dotados de motor Scania F-113 e 14 metros de comprimento.

Em 2001, maior parte de suas linhas intermunicipais e interestaduais são adquiridas pela Expresso Guanabara. Algumas mais importantes ficaram distribuídas como: Fortaleza x Belém (Itapemirim/Guanabara), Fortaleza x São Luís (Guanabara), Teresina x São Luís (Guanabara), Parnaíba x Tucurui (São Geraldo), São Luís x Juazeiro do Norte (Gontijo).


Com a venda das linhas rodoviárias, a Timbira investe no segmento urbano, comprando logo após, a Empresa Irmãos Bezerra. Manoel Ferreira de Azevedo faleceu no dia 20 de outubro de 2008, deixando seus descendentes a prosseguir com os empreendimentos construídos por ele ao longo de tanto tempo.

Em 2009, a empresa adquire 50 novos ônibus, renovando consideravelmente sua frota. A Timbira continua em atividade, possui cerca de 100 veículos e atua cobrindo vários bairros da capital cearense.

12 comentários:

  1. é uma pena nasci e crescí vendo a timbira fazer a linha TERESINA/PI A TIMBIRAS/MA, num total de 224km...

    ResponderExcluir
  2. Rapaz eu nunca vou me esquecer da Timbira foi uma grande empresa.

    ResponderExcluir
  3. Eu já viajei nela de Presidente Dutra MA para Colinas MA eram confortáveis

    ResponderExcluir
  4. Sou do Sul da Bahia, mas conheci a empresa na década de 80, viajei algumas vezes o Trecho Terezina x S Luiz.

    ResponderExcluir
  5. Em 1986,eu fiz uma viagem, do sobral Belém. Muito bom. Saudades.

    ResponderExcluir
  6. Em 1986, viajei do sobral a Belém.no Timbira saudades.

    ResponderExcluir
  7. Eu trabalhei de 97 a 99 na Timbira foi muito bom não esquecerei jamais

    ResponderExcluir
  8. Eu também não nunca vou esquecer meu pai era mecânico da timbiras

    ResponderExcluir
  9. tive 5 parentes que moram em um grave acidente, eles viajavam em um onibus timbiras da linha caxias/são luis.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.