domingo, 15 de março de 2015

A inauguração das linhas Conj. Ceará/Aldeota e Conj. Ceará/Bezerra de Menezes

Por Fortalbus
Em março de 1985, passaram a circular em Fortaleza duas importantes linhas para o populoso bairro do Conjunto Ceará, localizado a oeste da capital Cearense. As linhas Conjunto Ceará/Aldeota e Conjunto Ceará/Bezerra de Menezes foram inauguradas em solenidade na Avenida Central do Conjunto Ceará.

A criação das linhas foi concretizada após estudos da equipe de técnicos da Secretaria de Transportes do Município, iniciados quando da inauguração da ponte sobre o Rio Siqueira que faz a ligação do conjunto às avenidas Mister Hull e Bezerra de Menezes. A princípio, as duas linhas juntas beneficiariam uma população de cerca de 100 mil pessoas.

Em sua inauguração, a linha Conjunto Ceará/Aldeota operava com um total de 10 ônibus, cumprindo um itinerário não muito diferente do atual, porém naquela época, fazia terminal ao lado do antigo Supermercado Jumbo, no Náutico. Seu itinerário era Av. Central do Conj. Ceará, Fernandes Távora, Mister Hull, Bezerra de Menezes, Domingos Olímpio, Antonio Sales, Barão de Studart, Santos Dumont, Des. Moreira até o Náutico.

Esta linha era compartilhadas por quatro empresas são elas, Gerema, Cialtra, Iracema e Timbira. Todas já operavam nas regiões por onde o percurso da linha passava. 

Operada pela Empresa Gerema, a linha Conjunto Ceará/Bezerra de Menezes, também com um total de 10 ônibus, fazia ponto final apenas no Conjunto Ceará. Seu itinerário era pelas avenidas Central, Fernandes Távora, Mister Hull, Bezerra de Menezes, Tristão Gonçalves, Castro e Silva e Duque de Caxias.

Ambas as linhas não tinham terminal no centro, como era de costume acontecer com outras linhas de ônibus. No inicio dos anos 90, as linhas receberam os códigos (076) Conj. Ceará/Aldeota e (015) Conj. Ceará/Bezerra de Menezes. A linha 015 foi desativada, após a inauguração do Terminal integrado do Conj. Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados