sexta-feira, 27 de março de 2015

O último Volvo B10M do rodoviário cearense

Por Fortalbus
Lançado pela Volvo em 1986, o chassi B10M foi durante muitos anos, sinônimo de um veículo moderno e versátil para as mais variadas aplicações no transporte de passageiros. Com seu motor entre-eixos de barulho inconfundível, conquistou fãs e marcou uma geração ao longo dos seus quase 17 anos em linha de produção.

Pioneira em fabricar chassis com motor entre-eixos no Brasil, a Volvo apresentou o B10M para ser uma versão mais sofisticada que o B58, modelo produzido pela marca entre 1979 e 1998. Inicialmente, o B10M recebia apenas carrocerias de aplicação rodoviária, mas em 1994, ganhou versões específicas para uso urbano, como o articulado. A partir de 1998, os motores DH10A eram equipados com o Eletronic Diesel Control (EDC), um sistema de controle eletrônico da injeção dos motores diesel.

Além da suspensão totalmente pneumática, o B10M apresentava outras vantagens, seu motor abaixo do salão de passageiros era instalado em posição central horizontal rebaixada, garantindo um centro de gravidade mais baixo e melhor tracionamento do eixo traseiro. Nas carrocerias urbanas proporcionava um amplo salão de passageiros, e nos rodoviários tinham uma maior capacidade de carga na parte traseira livre.

Após várias unidades adquiridas por empresas do segmento rodoviário no Ceará, foi da Empresa Brasileiro os últimos veículos modelo B10M do estado. Referencia no uso de ônibus Volvo na frota, a Brasileiro Transporte e Turismo, foi também uma das primeiras empresas a operar com a marca aqui no estado em 1982.

Com carroceria Marcopolo Paradiso G6 1200 e prefixos 045, 046 e 047, tinham 14 metros de comprimento, rodas de alumínio, vidros colados e representavam o serviço executivo da Brasileiro, denominado Pegasus. Estes também foram as ultimas aquisições da Brasileiro, pois a mesma encerraria suas atividades menos de três anos após a compra.

O B10M saiu da linha de produção da Volvo em 2003, sendo substituído pelo B12M no ano seguinte, porém, agora disponível apenas para aplicação urbana em versões para ônibus articulado e biarticulado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados