terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Quatro ônibus são incendiados em Fortaleza

Quatro ônibus foram incendiados na noite deste domingo, 16, em Fortaleza. Os coletivos foram queimados na av. Borges de Melo, no bairro de Fátima, na saída do terminal do Siqueira e no Conjunto Ceará, onde dois coletivos tiveram queima parcial, segundo o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

O primeiro incêndio ocorreu na avenida Borges de Melo, por volta das 22h40min, onde um micro-ônibus da linha São José foi queimado. Às 00 horas, o segundo coletivo, também da linha São José, foi incendiado na saída do terminal Siqueira. Os ônibus que tiveram queima parcial, das empresas Siará Grande e Dragão do Mar, no bairro Conjunto Ceará, teriam sido incendiados por dois homens em um carro Polo Sedan preto.

Os acusados pelo incêndio no Conjunto Ceará, identificados como Francisco Yuri Teixeira Pinto, 18 anos, e Sergiano Gomes Maia, 23 anos, foram detidos durante a madrugada desta segunda-feira, 17, e encaminhados para o 12º Distrito Policial. Segundo a Polícia, foram apreendidos com eles gasolina, três caixas de fósforo e duas pedras.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), no José Bonifácio, onde as investigações estão centralizadas, tendo a frente o delegado Raphael Villarinho, titular da especializada. "A DRF foi escolhida para ficar a frente das investigações, por ser uma delegacia que possui uma visão mais ampla da macrocriminalidade, visto que, inicialmente, a polícia não descarta a participação de qualquer grupo criminoso", disse em nota a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS).


Sindiônibus repudia ação criminosa
Em nota, o Sindiônibus repudiou a ação criminosa que provocou o incêndio em quatro ônibus. “Não podemos admitir ações dessa natureza, que ameaçam a integridade e a vida das pessoas, agridem ao patrimônio público e que acabam por prejudicar a população fortalezense, em especial a parcela que tem no transporte coletivo o seu principal ou único meio de deslocamento”, completa.

Segundo a empresa, uma reunião de emergência com a Secretaria de Segurança Pública foi solicitada para apurar a responsabilidade dos incêndios e encontrar alternativas para reforçar a segurança ao transporte coletivo de Fortaleza.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados