quarta-feira, 12 de março de 2014

Brasil: Emplacamentos de ônibus crescem 46,52%

O mês de fevereiro deste ano representou reaquecimento no mercado de ônibus em relação a janeiro. O crescimento foi de 46,52% - total de 2 mil 951 ônibus emplacados em fevereiro ante 2 mil e 14 de janeiro. Na comparação com o mês de fevereiro de 2013, o crescimento foi de 12,21%. Em semelhante mês do ano passado, os emplacamentos de ônibus somaram 2 mil 630.

No entanto, no acumulado, o primeiro bimestre do ano passado para o mercado de ônibus foi melhor. Em janeiro e fevereiro deste ano foram emplacados 4 mil 965 ônibus, número 1,70% menor que as 5 mil e 51 unidades dos dois primeiros meses de 2013. Os dados foram divulgados pela Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Apesar da pequena variação negativa no acumulado, o mercado ainda mantém o otimismo. A previsão é de crescimento neste ano de 4% sobre o volume de vendas de ônibus em 2013, que já foi um dos melhores da história. 

A conjunção de fatores como investimentos em mobilidade urbana, alguns já atrasados, mas que devem ser acelerados por causa da Copa do Mundo, novas licitações de serviços urbanos e metropolitanos, expansão do turismo e renovação natural da frota alimenta as boas perspectivas. 

Marcas 
No acumulado do ano, segundo a Fenabrave, a Mercedes-Benz lidera o mercado de ônibus com quase o dobro da segunda colocada, a Volskwagen/MAN: 

1º MERCEDES-BENZ - 2.139 unidades - 43,08%% de participação no mercado. 
2º Volkswagen/MAN - 1.209- 24,35% de participação no mercado. 
3º MARCOPOLO – VOLARE - 998 unidades - 20,1 % de participação no mercado. 
4º VOLVO – 200 unidades - 4,03% de participação no mercado. 
5º IVECO - 167 unidades - 3,36% de participação no mercado. 
6º SCANIA - 125 unidades - 2,52% de participação no mercado. 
7º AGRALE – 117 unidades - 2,36% de participação no mercado. 
8º INTERNATIONAL – 8 unidades - 0,16% de participação no mercado.
Com informações: Adamo Bazani/Fenabrave

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados