domingo, 2 de março de 2014

Trólebus Volksbus começam a operar em São Paulo

Pela primeira vez, quem vive na cidade de São Paulo pode se locomover utilizando trólebus equipados com chassis Volksbus. Dez unidades do modelo 17.280 piso baixo, equipados com motor elétrico traseiro, já começaram a rodar na zona Leste da cidade operados por meio da empresa Ambiental Transportes, que integra o sistema de transporte público da maior cidade brasileira. 

As áreas de Marketing do Produto, Engenharia de Desenvolvimento e Engenharia Elétrica da MAN Latin America, que fabrica os caminhões e ônibus VW, trabalharam durante seis meses para desenvolver o chassi adequado a este tipo de aplicação. Para a fabricação dos novos trólebus, o motor e a caixa de câmbio são removidos e os chassis Volksbus piso baixo são fornecidos com eixos e relação de diferencial adaptados à operação. Junto com o chassi, um módulo eletrônico que faz a interface com o novo sistema de tração elétrica e chicotes elétricos são entregues aos fornecedores envolvidos na operação. 

Para a fabricação dos novos trólebus, foi necessária a parceria da MAN Latin America com as empresas brasileiras Induscar, fabricante das carrocerias Caio, e a Eletra, responsável pela tração elétrica das unidades. O chassi Volksbus sai diretamente da fábrica de Resende e vai direto para o encarroçador. Após a colocação da carroceria, a unidade é enviada à Eletra para finalizar o processo. São necessários aproximadamente 180 dias para a fabricação de um novo trólebus. 

“Nossa preocupação foi a de desenvolver um chassi que faça a melhor interface com os sistemas utilizados pelos fornecedores envolvidos na operação, além de disponibilizar no mercado de ônibus brasileiro um produto competitivo que atenda às necessidades deste negócio”, comenta Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America. 

Segundo Alouche, a empresa pretende ampliar as vendas de chassis para trólebus uma vez que hoje, com as novas tecnologias empregadas e a manutenção e modernização da infraestrutura elétrica do sistema, o produto já é considerado umas das melhores alternativas ao uso do diesel de petróleo no transporte coletivo. “Nossos clientes buscam cada vez mais por soluções amigáveis ao meio ambiente. Somos pioneiros em algumas delas e agora, com os chassis para trólebus, oferecemos mais uma alternativa aos frotistas”. 
Fonte: MAN Latin America

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados