segunda-feira, 21 de abril de 2014

A situação dos terminais rodoviários no interior do Ceará

Por Fortalbus
Viajando pelo interior cearense é possível encontrar muitos terminais rodoviários com instalações precárias, desconforto, falta de estrutura e limpeza, fato observado por aqueles que utilizam destes equipamentos em viagens intermunicipais. Em algumas cidades as obras de reforma até foram iniciadas, mas se arrastam por anos, enquanto isso, usuários tem que aguardar o inicio de suas viagens em pé ou em frente à agências das empresas de ônibus. Vamos observar algumas situações: 

Senador Pompeu 
Um terminal rodoviário construído na entrada da cidade há mais de uma década está se tornando motivo de crítica em Senador Pompeu, também conhecida como Princesinha do Sertão Central. Enquanto os passageiros embarcam e desembarcam ao relento, a obra está abandonada. Quem chega não entende porque é obrigado a enfrentar o transtorno. Os ônibus param em qualquer lugar e as bagagens são deixadas até no meio da rua devido à falta de espaço adequado para o ônibus. 
Desembarque de passageiros em Senador Pompeu
Acaraú
Roteiro turísticos para muitas praias, Acaraú vem sofrendo com a ausência de uma rodoviária. Sem terminal rodoviário os ônibus são obrigados à parar no meio da rua para fazer o embarque e desembarque de seus passageiros, sem falar na complicação do trânsito que essas paradas proporcionam. Uma rodoviária já deveria ter sido implantada há muito tempo na cidade, compatível com o porte de Acaraú. Com essa ausência, seus moradores e visitantes tem que esperar os ônibus num lugar sem nenhuma estrutura. 
Embarque de passageiros em Acaraú
Granja
Muitas empresas de ônibus passam por Granja, que é um corredor de turismo do estado, mas a falta de uma rodoviária causa um desconforto imenso. Na época das chuvas os passageiros se molham para entrar e sair do ônibus, além da compra das passagens que se torna desagradável. 

Acopiara
A rodoviária de Acopiara tem recebido uma série de reclamações por parte dos usuários do terminal. A maioria reclama das cobranças de taxas e serviços de banheiros de forma injusta, já que as obras de reforma da rodoviária ainda não foram concluídas. Por isso, a maioria entende que a cobrança é indevida levando em consideração a falta de estrutura atual do equipamento. 
Rodoviária de Acopiara
Coreaú
A reforma do Terminal Rodoviário de Coreaú, que teve inicio em  2011, parece que vai demorar ainda mais algum tempo. A reforma que começou com uma empresa que desistiu da obra, passou os serviços para a segunda colocada. Pelo que foi constatado o terminal está pronto, mas já começa a sofrer ações do tempo como a deterioração do teto de alguns boxes.

Icó
Desde sua inauguração em 1980, a rodoviária não recebeu nenhuma intervenção de reforma ou revitalização de seu espaço. Atualmente, a estrutura que recebe a movimentação de diversas linhas regionais e nacionais, está comprometida. A falta de manutenção do espaço por décadas, aparece das mais diversas formas, seja no desgaste das paredes e teto, como na presença de "gambiarras" em algumas fiações, sem contar a iluminação deficiente, rachaduras e infiltrações. Este é o cenário da rodoviária, onde os viajantes pagam sua taxa de utilização, mas não vêem o retorno em melhorias. 
Rodoviária do Icó
Aracati
A falta de manutenção e sinalização é a principal reclamação dos usuários da rodoviária de Aracati, que encontra-se em estado ruim. O local que existe para ser dado informações turísticas a todo e qualquer visitante, está fechado, por não ter nenhum profissional de plantão para da informações aos turistas que chegam a todo instante para desfrutar das belas praias da cidade. 
Rodoviária de Aracati
Morada Nova
A realidade da rodoviária de Morada Nova não é tão diferente das demais, o terminal está sem funcionar há quase dois anos, e hoje, o terminal se encontra abandonado. A população está revoltada e sem saber quando o terminal irá voltar a funcionar. Enquanto isso, os passageiros aguardam em pé na porta da agência.
Agência São Benedito em Morada Nova
Algumas cidades estão perdendo a chance de conquistar novos turistas. No Brasil e principalmente no Ceará, todo foco está voltado para os aeroportos, mas é nos terminais rodoviários que os turistas fazem viagens dentro do estado, e para isso, é necessário boa estrutura para também receber os passageiros do transporte rodoviário que vem crescendo consideravelmente.

Um comentário:

  1. A rodoviária de Quixeramobim não está sendo mais usada,os ônibus agora param em frente à Lanchonete Alvorada na CE 060 que fica nas proximidades,com certeza pelo mesmo motivo,a falta de manutenção.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados