segunda-feira, 14 de abril de 2014

Demanda por ônibus deve aumentar 30%

A demanda por ônibus no período da Copa deve aumentar 30%. A estimativa é do empresário Paulo Porto Lima, diretor da Expresso Guanabara e presidente da Associação Brasileira de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati). Mesmo com a restrição de voos em alguns aeroportos de cidades-sedes da Copa 2014, ele acredita que o fluxo de pessoas não será nada extraordinário durante o período dos jogos. “Recebemos um milhão de pessoas para o Réveillon, e os carnavais e as festas de São João são datas muito mais movimentadas. Receber 30 ou 40 mil pessoas não será nada”, acrescenta. 

O empresário diz que atualmente a grande crise do setor de transporte brasileiro consiste na instabilidade jurídica, mas há uma preocupação também com a pressão inflacionária. A data base de reajuste do setor de transporte rodoviário é primeiro de agosto e os empresários da área já dão como certo o aumento dos preços do diesel. Como as tarifas são reguladas, e há um sistema de custo rigoroso, Paulo Porto ressalta que os empresários terão que ser criativos para administrar os preços.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados