quarta-feira, 16 de abril de 2014

Fortaleza: Rápidas do transporte

VLT Parangaba/Mucuripe: Alguma coisa não cheira bem 
Não, não se trata de algum escândalo de desvio de recursos ou superfaturamento nas obras do ramal Parangaba/Mucuripe (apesar de que não seria de se surpreender se fosse). É que no entorno do canteiro de obras da estação Papicu, atrás do terminal de ônibus, existe um cheiro muito forte de urina (conforme divulgamos em julho do ano passado). O odor é perpetrado por alguns motoristas e cobradores que fazem dos muros verdadeiros banheiros ao ar livre. Imagine quando o VLT estiver em pleno funcionamento e aquele espaço, até então ocupado somente pelos ônibus em horários de lanche, passar a receber movimentação de passageiros que farão a integração com o terminal. Não vai cheirar bem. É um hábito que deve ser erradicado.

Confusão clássica
Foi anunciada pela ETUFOR, na semana passada, algumas mudanças em nomenclaturas de linhas que entraram em vigor no último sábado (12) . Entre elas, estão as linhas 011 e 012, Circular 01 e 02, respectivamente. Passariam a se chamar "Circularzinho", o que não aconteceu até o fechamento desta coluna. Parece que vai ficar para um outro momento. Entretanto, é a mudança mais "radical", pois visa reduzir os equívocos dos usuários que confundem essas linhas com os Grandes Circulares, principalmente na orla da Praia de Iracema.

É incontestável. Todos os dias passageiros e motoristas não se entendem. O primeiro, por insistir no erro. O segundo, em não tolerar mais isso e alterar o itinerário eletrônico para "Especial" ou "Garagem", ou avisar que o ônibus não irá continuar após a Praça da Estação (principalmente à noite). O fato é que o órgão gestor faz o que pode para facilitar a compreensão dos usuários em termos de identificação de linhas. Mas nem sempre se deve passar a mão na cabeça. Em algumas cidades, os usuários atentam-se ao código da linha. Aqui é o contrário. Nesses casos, os usuários devem saber andar com as próprias pernas. 

Confusão nem tão clássica assim
Após ter seu espaço físico reduzido em virtude da construção da estação Parangaba do VLT (ainda no embalo), em julho de 2012, as filas do Terminal da Parangaba tiveram que ser reordenadas. Ou seja, coladas umas das outras. E em algumas dessas filas é comum de se encontrar passageiros confusos, caso das linha 029 - Parangaba/Náutico e 361 - Siqueira/Osório de Paiva/Parangaba. E a pergunta é sempre a mesma: "Essa fila é a do Siqueira?". 

Ou nem precisa perguntar, vai na confiança. Usuários aguardam na fila da 029, sem saber, e ajudam a aumentar a extensão que não corresponde à demanda da linha em alguns horários. Quando chega a 361, nem a entrada preferencial é respeitada, já que ela abre quase em cima da fila do Náutico. A falta de identificação é da fila do Siqueira. Cabe à administração do terminal providenciar a sinalização adequada.
Por Marcelo Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados