sexta-feira, 2 de maio de 2014

Fortaleza: Integração irá nortear alterações em linhas de ônibus

Por Thatiany Nascimento 
Após 11 meses de implantação, dos 813 mil usuários do transporte coletivo em Fortaleza, mais de 551 mil aderiram ao Bilhete Único. São passageiros das 248 linhas integrantes do sistema de ônibus da Capital, que, com a utilização do cartão e a integração completa entre os coletivos, tem apontado “as curvas de desejos” dos usuários e gerado subsídios que irão nortear a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) na redefinição dos itinerários das linhas.

“Ainda não temos um redesenho integral das linhas, mas a área técnica já esta começando a fazer. Temos um modelo propositivo junto à Etufor para vermos como os cartões se deslocam ao longo do itinerário”, explicou o Superintendente do Bilhete Único no Sindiônibus, Paulo César.

De acordo com ele, o Sindicato está montando uma camada de software relacionada à inteligência a partir das integrações, já que diariamente é computado o volume de passageiros que utilizam as rotas e a quantidade de eventos de integração, para que os mapas de deslocamento sejam discutidos com Etufor. “O objetivo é começar a adequar a rede para às necessidades do usuário. As mudanças são gradativas e serão mais frequentes a partir de agora”, garantiu.

Paulo César explicou ainda que durante o cadastramento do Bilhete Único, os passageiros informam seus endereços, o que faz com que o sistema tenha um pressuposto da origem. Os cartões vinculados às empresas trazem os endereços de trabalho, o que confere o diagnóstico do destino. “Já temos então uma gama de origem e destino e passamos a perceber as necessidades de deslocamentos”, acrescentou. 

Funcionamento do Sistema
A perspectiva exposta pelo representante do Sindiônibus é reiterada pelo presidente da Etufor, Antônio Ferreira. De acordo com ele, o Bilhete Único favoreceu a cobertura de 22% da área que era desamparada de integração física e tarifária, devido à característica do sistema de transporte de Fortaleza, que é tronco-alimentador, ou seja, tem terminais para transbordo e conexão, onde os coletivos partem para outros terminais, dos terminais para o centro e dos bairros para o centro.

“Com a carência de integração física e tarifária, muitos usuários faziam percursos negativos. Eles até conseguiam ir de uma região para a outra, mas a opção via sistema integrado era um caminho longo” reforçou. Conforme Antônio, o diagnóstico é que a implantação do Bilhete Único não alterou o número de passageiros que passam pelos terminais, pois a integração tem afetado diretamente os passageiros que faziam os percursos negativos.

“Nós sabíamos que o Bilhete Único não ia alterar o número de usuários nos terminais, pois eles continuam fortes já que absorvem toda uma gama de linhas alimentadoras e do terminal para o centro há muitas viagens positivas”, completou. Porém, as 65 linhas que fazem o percurso bairro–Centro e antes não integravamm agoram tem maior demanda, pois cortam corredores e expõem a necessidade dos usuários de remodelação dos itinerários.

Benefícios
Na avaliação da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos o Bilhete Único adotado em São Paulo há cerca de 10 anos “teve um impacto enorme no aumento da acessibilidade dos usuários à cidade”. Conforme a entidade, antes da existência do Bilhete, cerca de 15% dos usuários tomavam uma segunda condução (pagando duas tarifas), mas após, 50% dos usuários passaram a usar um segundo ônibus, mostrando que aumentaram muito as suas possibilidades de acesso à cidade, sem aumento do custo.

Conforme a Associação, outro benefício gerado pelo Bilhete é justamente o que está sendo encaminhado em Fortaleza, que é “mostrar com mais clareza quais são os destinos desejados pelas pessoas, o que permite a reprogramação das linhas para serem mais úteis aos usuários”.

Números
• Em média, por dia, 813.481 passageiros utilizam ônibus em Fortaleza
• 551.183 usuários aderiram ao Bilhete até o dia 17 de abril
• Desses, 227.235 são estudantes, 257.428 avulsos e 66.520 vinculado a empresas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados