quinta-feira, 12 de junho de 2014

Brasil: Fifa oferece réplica de ônibus da Copa da África como se fosse de 2014

Loja da Fifa na internet engana consumidor, que pensa que está comprando uma réplica do ônibus da Copa do Mundo do Brasil

Um dos vários produtos licenciados pela Fifa para a Copa do Mundo, a réplica dos ônibus do torneio – na escala 1:95, por R$ 39,90 cada – ludibria o torcedor ao ser oferecida como “cópias idênticas dos veículos que irão transportar os melhores jogadores do mundo, e suas delegações, entre as cidades sedes, estádios concentrações e por todo o país”, segundo descrição da Loja da Fifa , site de vendas da organizadora.

O brinquedo retratado é baseado no Hyundai Universe, modelo de ônibus utilizado na África do Sul’2010 e que sequer deu as caras na edição 2014 do torneio. Todas as 32 seleções já presentes no Brasil utilizam o Marcopolo Paradiso G7 1200 fabricado em Caxias do Sul (RS).

A frota real foi alugada pela Hyundai – patrocinadora responsável pelo fornecimento dos veículos do torneio, ao lado da Kia – junto à empresas operadoras, pelo fato de as marcas não disporem de veículos do tipo do Brasil. 

Durante a criação das réplicas, Fifa e os parceiros envolvidos sequer se deram ao trabalho de retratar de forma fiel os veículos das 16 delegações da coleção (entre elas o anfitrião Brasil, Uruguai, Chile e Argentina, os três últimos concentrados em Minas): os brinquedos vêm em cores alusivas à bandeira de cada país, num visual parecido aos dos ônibus das edições anteriores na Alemanha'2006 e África do Sul. Ou seja: bem diferente do azul claro padrão dos ônibus da edição brasileira.

A única semelhança entre os busões reais e as réplicas está em detalhes de cunho comercial – as logomarcas e a decoração da Copa do Mundo. O torcedor que quiser uma miniatura fiel aos ônibus das seleções, portanto, terá que adquirir uma réplica da Marcopolo e fazer a pintura por conta própria.
Com informações: Vrum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados