sexta-feira, 27 de junho de 2014

Fortaleza: Aprovado projeto que dá prioridade nos assentos dos transportes coletivos

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou o projeto de Lei Ordinária nº 0097/2014 que determina que todos os assentos instalados nos veículos de transporte público coletivo regular de Fortaleza sejam destinados para o uso preferencial de mulheres, idosos, obesos, pessoas com deficiência e limitação temporária de locomoção. O projeto de autoria do vereador Carlos Dutra (PROS) foi aprovado por unanimidade e em discussão única.

De acordo com o texto, os permissionários e concessionários do serviços de transporte público terão um prazo de 30 dias para se adequarem e devem afixar avisos ao longo dos veículos, em número suficiente e em local para a fácil visualização dos passageiros.

O vereador justifica o projeto afirmando que não é incomum deparar-se com cenas nos coletivos, onde os idosos, deficientes e gestantes viajam em pé devido a ocupação dos poucos lugares reservados. Conforme o documento, um do motivos é também o efeito negativo da lotação dos veículos que está se intensificando nas grandes cidades, e, com isso, o abuso ou assédio sexual a mulheres que viajam em pé.

Deputado anda de ônibus e pede ar condicionado
O deputado Lula Morais (PCdoB), disse nesta terça-feira, em sessão ordinária na Assembleia Legislativa, que há anos não andava de ônibus e utilizou o transporte público durante os jogos da Copa do Mundo. O parlamentar passou pelos mesmos problemas que a maior parte da população de Fortaleza passa todos os dias: o calor da cidade em ônibus lotado.

Percebendo a problemática, o deputado sugeriu à Prefeitura de Fortaleza e aos vereadores da Câmara Municipal de Fortaleza que apresentem projeto de Lei para permitir a inclusão de ar condicionado nos transportes públicos da Capital cearense. Foi preciso a Copa do Mundo ocorrer em Fortaleza para que parlamentares voltassem a utilizar transporte público, e assim, perceber que a população vem sofrendo dia após dia com a má qualidade dos serviços públicos.
Com informações: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados