domingo, 6 de julho de 2014

Busscar quer produzir 404 veículos no primeiro ano de retomada das atividades

O plano de recuperação judicial da Busscar está pronto e os credores tem 30 dias para se manifestar sobre o documento com cerca de trinta páginas que foi protocolado e está liberado para consulta na 5ª Vara Cível de Joinville. O destaque no plano está na venda da Tecnofibras, da reestruração operacional, prazo e condições especiais de pagamento de dívidas, reorganização da governança corporativa e contratação de novos financiamentos.

No plano definem também um cenário para os próximos 15 anos, que começam com a produção de 404 ônibus no primeiro ano e 2053 no segundo. Para que isso aconteça a empresa necessita de um capital de giro de 105 milhões de reais que devem vir da venda da Tecnofibras, do saldo de caixa e venda de outros imóveis não operacionais.

Já para o pagamento das dívidas fico definido que para a classe trabalhista os créditos de R$5,5 mil serão pagos em parcela única no sétimo mês após a aprovação do plano, e os credores que tem a receber mais do que esse valor, receberão os mesmos R$5,5 mil e mais 4% do valor da dívida no sétimo mês e o saldo como ações do grupo em 12 parcelas. Os demais que não enquadram nesses, como os de garantia e quirografários terão três opções de pagamento, 20%, 30% e 50% dos créditos em que podem variar o prazo de carência e de pagamento.

Um comentário:

  1. Gosto muito da BUSSCAR e torço por ela, quem sabe com sua volta ela volta a produzr novos modelos....

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados