domingo, 10 de agosto de 2014

Fortaleza: Em 2 horas, 104 casos de desrespeito à faixa de ônibus

Foram duas horas e 104 entradas irregulares de veículos nas faixas prioritárias para transporte público no binário Santos Dumont e Dom Luís. A partir de hoje, esse desrespeito será flagrado por 31 câmeras. Outros quatro equipamentos de fiscalização mistos registrarão infrações como excesso de velocidade, parada sobre faixa, avanço do semáforo e conversão proibida. A expectativa é de que, até o fim do ano, a fiscalização possibilite que a velocidade média dos ônibus passe de 12,95km/h na Santos Dumont e de 10,7km/h na Dom Luís para uma média de 24 km/h.

Entre as 10h50min e 13h01 min de ontem, contabilizamos ainda nove ônibus saindo da faixa dedicada a eles, além de 21 motos, sete carros e uma carroça transitando na ciclofaixa. O secretário-executivo de Conservação e Serviços Públicos de Fortaleza, Arcelino Lima, avaliou que o número de infrações em relação à faixa foi pequeno. “Na Santos Dumont passam cerca de quatro mil veículo por hora, 104 é menos de 10%. Isso mostra que muitos motoristas já estão entendendo a faixa”, ponderou. Na Dom Luís, conforme Arcelino, a média de veículos que chegam até a Praça Portugal é de 2.800 por hora.
Sobre a circulação de motos na ciclofaixa, Arcelino considerou o total “preocupante”. Ele considerou que essa infração é difícil de ser identificada e garantiu que há um trabalho constante no sentido de identificar pontos onde essas ocorrências estão se concentrando. Quanto aos ônibus que trafegam fora da faixa prioritária, o secretário-executivo informou que não há fiscalização eletrônica voltada a esse tipo de infração. “Eles podem sair da faixa para fazer ultrapassagem de veículos que estiverem próximos aos pontos de parada. A Etufor (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza) tem como identificar através de rastreamento quando houver desrespeito”, afirmou.
Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados