sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Fortaleza: Ônibus rodam menos quilômetros

Apesar do acréscimo de 56% da frota de veículos do transporte coletivo – que era de 1.150 ônibus em 1993, passando para a atual de 1.800 (frota operante) –, os ônibus estão se locomovendo menos em Fortaleza. Em 1995, eles percorriam, em média,10 mil Km por mês, enquanto, hoje, circulam 6 mil Km mensalmente, o que representa redução de 40%. O assunto foi debatido durante seminário realizado, ontem, em Brasília, pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), que traz como tema “Transporte público urbano: como atender as demandas sociais?”.

“A qualidade para o passageiro é no tempo de viagem. Não preciso dizer que o tempo de viagem está a cada dia maior e os ônibus estão cada vez mais parados. Qualquer pessoa que anda na cidade sente isso, que o trânsito está parando. O reflexo disso para o setor de transporte é terrível, significa que as viagens vão demorar mais e os ônibus vão ficar mais cheios”, esclarece Dimas Barreira, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus).

Ele acrescenta que, desde a consolidação do sistema integrado de Fortaleza (em 1993), que foi a última grande intervenção estrutural, houve aumento de 56% da frota, para uma demanda de usuários que continua a mesma. “A cidade vai parar. Nós estamos muito próximos de ter sinais de colapso, precisamos inverter isso”, salienta. Na visão do presidente do Sindiônibus, a solução é priorizar o transporte coletivo. Barreira acresce
Com informações: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados