quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Fortaleza: Pacote de obras visa garantir mobilidade mais eficiente aos corredores expressos de ônibus

Assim como em outras grandes metrópoles brasileiras, a capital cearense sofre há tempos com diversos gargalos no que diz respeito a sua mobilidade urbana. Com uma frota de veículos em uma crescente constante, cerca de 900 mil em números até julho, o estrangulamento de ruas e avenidas é inevitável. Na tentativa de mudar essa realidade, Fortaleza vem passando por grandes transformações. Entre trabalhos já em andamento e obras anunciadas, mais de 20 intervenções prometem deixar a cidade mais fácil de se trafegar.

Foram anunciados, ao todo, 130Km de corredores, com um investimento de aproximadamente R$ 1,6 bilhão. As obras para a viabilização desse projeto já começaram na Avenida Bezerra de Menezes, que será trajeto do corredor Antônio Bezerra/ Papicu. A primeira etapa, que vai do terminal do Antônio Bezerra até o Centro, já segue recebendo a implantação das estações, em um total de dez.

"Não adianta o corredor funcionar bem por meio das faixas exclusivas e encontrar retenção em cruzamentos com problemas históricos de engarrafamento. Por isso, esse conjunto de obras é necessário, para dar fluidez aos ônibus", ressaltou o titular da Seinf, Samuel Dias.

Conforme diz, todas as obras visam implantar um sistema de transporte mais ágil, para a atrair de volta o usuário que ao longo do tempo saiu do sistema de transporte público em detrimento de carros e motos. Segundo estima, com uma maior rapidez nas vias, a diminuição do tempo de espera pelos ônibus e uma maior capacidade dos veículos, porventura mais confortáveis, será possível cumprir esse objetivo.

"Não há dúvida que esse é o caminho para a melhoria do trânsito. As vias estão saturadas para a atual quantidade de carros. Não há obra viária que dê conta do fluxo de veículos hoje nas ruas. A saída é o investimento no transporte público", comentou Samuel Dias. Ainda segundo o secretário, com todas as obras prontas e ações em andamento, a estimativa é de um aumento de velocidade de deslocamento de cerca de 40%.

Saiba mais sobre o BRT Bezerra de Menezes
Dez ônibus articulados e com entrada dupla (pela direita e esquerda) já foram encomendados e devem circular pela avenida Bezerra de Menezes a partir de outubro. Os novos veículos têm capacidade para 142, sendo 40 sentados, 100 em pé e duas vagas para cadeirantes.

Os ônibus adaptados dividirão espaço com outros 238 ônibus convencionais na primeira fase de instalação do sistema. Os veículos normais deverão entrar no canteiro central para desembarcar passageiros, já que não permitem o acesso pela esquerda.
Com informações: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados