sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Fortaleza: Prefeitura divulga a primeira intervenção do Corredor Messejana/Centro

A Prefeitura de Fortaleza divulgou por meio da sua página oficial o vídeo onde é possível conhecer a maquete com as mudanças que serão feitas na Avenida Aguanambi. Ainda segundo a prefeitura, as obras de mudança vão ter início no primeiro semestre de 2015.

No vídeo é possível perceber que os canteiros centrais vão ser retirados, para que a pista seja alargada dando espaço para um faixa exclusiva para ônibus além de três que serão utilizadas exclusivamente por carros.

No canto direito da via a implantação de ciclofaixas facilitará o percurso dos ciclistas que costumam trafegar na avenida. Para embarcar nos coletivos a população vai contar com pontos de ônibus bem estruturados, situados ao longo do canto esquerdo da via. E toda a avenida vai ser arborizada com árvores dos dois lados.

Uma passarela será a primeira intervenção do Corredor Messejana/Centro, projeto de requalificação viária de 16 quilômetros entre o Terminal da Messejana e o Centro da Capital. Com a iniciativa, a Aguanambi será toda recuperada e passará a ter corredor exclusivo para ônibus (BRT, na sigla em inglês) e túnel no encontro com a avenida Domingos Olímpio (que terá o trecho subterrâneo). Melhorias também estão previstas na BR-116, inclusive com a construção de um viaduto para dar acesso dos coletivos ao terminal. Essa etapa integra programa do Governo Federal e está “em fase mais inicial de trâmite”, conforme o secretário.

O investimento total previsto nas intervenções na Aguanambi é de cerca de R$ 95 milhões entre projeto viário (cerca de R$ 70 milhões) e túnel (cerca de R$ 25 milhões). As demais intervenções de requalificação da Aguanambi iniciam no começo de 2015. A etapa tem duração prevista de 18 meses. Segundo Samuel Dias, ela começa com a recuperação viária ao longo do canal. “Vamos refazer o pavimento da via, aumentar a capacidade de drenagem, fazer as calçadas e ciclovias junto às calçadas e toda reurbanização da área, com paisagismo, embutimento da fiação elétrica”.

A avenida deixará de ter a via lateral separada por canteiro, e o canteiro central será reduzido. Assim, haverá calçada acessível em toda a Aguanambi e o corredor exclusivo para ônibus na faixa central. O fechamento do canal, que chegou a ser cogitado, será apenas em alguns trechos onde ficarão as estações do BRT, as quais serão acessadas com ajuda de semáforos para pedestres. Conforme o secretário, ainda não está definido o projeto para a rotatória da avenida Aguanambi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados