sábado, 6 de setembro de 2014

Fortaleza: Assaltos a ônibus têm queda de 24%

Desde que a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE) lançou a operação Coletivo Seguro, em fevereiro, o número de assaltos a ônibus, em Fortaleza, diminuiu 24%, de acordo com dados do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). Agora, a expectativa do sindicato é que os números continuem baixando até chegarem aos dois dígitos.

De fevereiro deste ano, quando a operação foi implantada pela SSPDS, até julho, mês dos últimos números do Sindiônibus, 919 ocorrências foram registradas. Em igual período do ano passado, a quantidade foi de 1.219, o que representa a diminuição de 24%.

Comparando o mês de julho do ano passado e o de 2014, houve uma redução de 58%. Enquanto em 2013 aconteceram 255 assaltos, neste ano, o número foi de 105.

Até agora, em 2014, janeiro foi o mês com maior número de ações registradas, 230 no total. Julho, com 105 ocorrências, foi o período com o menor número de roubos.

No ano passado, também entre os sete primeiros meses do ano, julho se destacou negativamente com 255 assaltos. Abril foi o mês com menos problemas nos ônibus, com 174.

Para o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, o motivo da redução é o estreitamento entre o sindicato e a Polícia, com o objetivo de ajudar nos trabalhos de inteligência. "Além disso, temos a diminuição de uso de dinheiro no coletivo, pois os passageiros usam mais o Bilhete Único", destaca.

Conforme o gestor, os veículos possuem cofre, câmeras de vídeo capturam tudo que se passa nos coletivos e as rotas dos ônibus são acompanhadas online pela Etufor e pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Barreira explicou que o objetivo é chegar aos patamares de 2011, quando houve menos de 300 ocorrências dentro do transporte coletivo. "Nos últimos dois meses, os números baixaram bastante. Por isso, agora, queremos voltar aos patamares de dois dígitos", frisou.
Com informações: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados