terça-feira, 23 de setembro de 2014

Fortaleza: Internauta flagra ônibus trafegando propositalmente em velocidade abaixo do permitido

Quem usualmente se utiliza do transporte público de Fortaleza nos horários de pico é obrigado a desperdiçar um bom tempo do seu dia em engarrafamentos. Para o estudante Madson Cordeiro, porém, fazer uso do ônibus está sendo desgastante já no fim do dia, quando o trânsito geralmente é livre. 

O internauta flagrou o motorista da linha Antônio Bezerra/Papicu, propositalmente, trafega lentamente, por volta de 23h, mesmo com a via livre.

Madson, que estuda na Universidade de Fortaleza (Unifor) e mora na Av. Bezerra de Menezes, pega, diariamente, a linha no Terminal do Papicu por volta de 23h, chegando ao seu destino em 20 minutos, porém, o ônibus levou o dobro do tempo para cumprir a rota, mas não devido ao trânsito. "Quando chegou na Av. Heráclito Graça, ele (motorista) começou a andar devagar, quando o trocador avisou que estavam adiantados", conta o estudante.

O usuário afirma que o coletivo segue bem abaixo da velocidade usual, chegando, inclusive, a parar por total. "Já teve uma vez o ônibus estava parado no sinal. Ao abrir, ele permaneceu parado, até fechar novamente. Só então quando ficou verde pela segunda vez ele saiu", denuncia Madson, que diz ficar receoso e amedrontado ao pegar a linha Antônio Bezerra/Papicu. "O ônibus fica quase parando. É muito perigoso. Toda vez que eu pego esse ônibus, eu já fico com receio", revela.

O usuário conta que, ao presenciar pela primeira vez esse tipo de atitude por parte dos motoristas, entrou em contato com a Etufor (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza), que prometeu tomar atitudes. 

Etufor
Em contato, a assessoria de comunicação da Etufor ressaltou que os motoristas são orientados a obedecerem horários previamente estipulados, e, para isso, às vezes, é necessário reduzir a velocidade do ônibus. 

Apesar de a Etufor divulgar apenas os horários de saída e chegada dos terminais, a assessoria da empresa alega que os usuários que utilizam o serviço diariamente já sabem os horários que os veículos passam pelas paradas. Dessa forma, antecipar a chegada pode prejudicar outros passageiros. 

Além desse problema, há outras questões recorrentes levantadas pelos usuários, como queima de paradas e superlotação. A Etufor ressalta que tem um espaço para que esses tipos de reclamações seja feitas. Elas podem ser realizadas na ouvidoria do órgão, seja presencialmente na sede da Etufor (Av. dos expedicionários, 5677, Vila União) ou por meio dos telefones 3452-9292 ou 156.
Com informações: Diario do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados