quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Fortaleza: Nova padronização dos ônibus vem ganhando espaço nas frotas

Por Fortalbus
Já bem acostumados a identificar sua condução diária pela tradicional cor azul, afinal, são vários anos com a mesma pintura, o fortalezense que utiliza os coletivos da cidade começam a notar uma nova padronização visual em seu transporte. 

Renovação de frota é algo comum entre as empresas que atuam no Sistema Integrado de Transporte de Fortaleza, que investem ano a ano em novos veículos e estão sempre inovando nas tecnologias embarcadas que aparecem no mercado, fazendo com que a frota seja uma das mais novas do país.

Diferente dos outros anos, algo novo vem chamando a atenção dos usuários que utilizam o transporte diariamente que é a nova padronização de pintura dos ônibus, anunciada no mês de fevereiro pelo Fortalbus, que acabam atraindo a atenção das pessoas.

Desenvolvida por Jorge Andrade, a pintura é de fácil identificação e manutenção nos reparos, ao redor das janelas e portas a cor preta predomina, dando um aspecto mais continuo e harmonizado com o restante da pintura do veículo.

A nova pintura marca o início de uma nova etapa no transporte de Fortaleza, pois traz consigo não só uma nova comunicação visual, mas também mudanças no próprio equipamento com a aquisição de veículos do tipo Padron e articulado, que certamente receberão as novas cores para revitalizar o sistema integrado de transporte. Confira as empresas que já aderiram a nova padronização:

12 - São José Transporte Urbano
A primeira empresa a possuir veículo com a nova padronização foi a São José Transporte Urbanos, que no mês de maio trouxe o primeiro lote de veículos do modelo Neobus Mega Plus, equipados com motor Volkswagen 17.230 OD e , combinação que é preferência nas aquisições da empresa, poltronas estofadas e piso emborrachado.

No quesito renovação de frota, os produtos Neobus continuam na preferência numa das maiores empresas de transporte coletivo da capital cearense. E o Mega Plus, principal modelo do segmento urbano produzido pela marca, se configura como o carro chefe nas recentes aquisições da São José Transporte Urbano. Fazendo um mix entre chassis Volkswagen e Mercedes-Benz a empresa vai surpreendendo com suas renovações em 2014. Para completar as operações das linhas de porte médio, a São José adquiriu o Spectrum City.

21 - Aliança Transportes
A segunda empresa a trazer a Fortaleza ônibus com a nova padronização, foi a Aliança Transportes, que mais uma vez incluiu na frota veículos da marca Caio, de modelo Apache Vip III e chassi Volkswagem 17.230. Os dois veículos vieram equipados com piso revestido, iluminação em leds, itinerário eletrônico na lateral, elevador para cadeirantes e vidro fumê nas janelas. A Aliança é referência no transporte urbano de Fortaleza e está a 13 anos oferecendo conforto e segurança aos seus usuários.

20 - Empresa Santa Maria
A Empresa Santa Maria foi a primeira empresa a trazer micro com a nova padronização no sistema urbano, as duas unidades da marca Marcopolo, carroceria Senior e motor Mercedes-Benz LO 916. São equipados com elevador na porta de desembarque instalada no eixo traseiro e itinerário eletrônico de led na lateral. Outra novidade foi a nova logomarca da empresa que aproveitou a nova padronização para incluí-la em seus novos veículos. A empresa também recebeu os primeiros Marcopolo Torino com nova pintura, todos no chassis Volkswagen 17.230 OD, e dias atrás recebeu unidades do chassis Volkswagen 15.190.

36 - Viação Santa Cecília
A Viação Santa Cecília, que neste ano escolheu para sua renovação anual o modelo Gran Via Midi, produzido pela Mascarello, trouxe oito veículos pintados com a nova padronização de Fortaleza. Este modelo já é a preferência da empresa e vieram equipados com o chassi Volkswagen 17.230 Euro 5.

A novidade fica por conta do modelo inédito para o norte-nordeste que foi recentemente lançado no mercado pela carroçadora paranaense Mascarello. Desta vez, com um desenho renovado para a atual carroceria padrão na Viação Santa Cecília, o modelo traz elementos estéticos diferenciados, deixando-o mais moderno e com uma aparência refinada, onde os detalhes se destacam no novo conjunto óptico dianteiro, para-choques em desenhos congruentes, lanternas traseiras com linhas inovadoras.

Assim como as primeiras unidades Mascarello de 2014, estes também possuem chassis Volkswagen, porém, do modelo 15.190 OD Euro 5, mais curto em relação aos demais. O chassi equipado com sistema EGR de tratamento de gases não requer utilização de Arla 32.

14 - Viação Siará Grande
A Viação Siará Grande trouxe dois veículos com a nova padronização, a grande diferença foi o modelo escolhido, ao contrário das outras empresas que aguardaram o lançamento do Novo Torino para realizar novas aquisições, a 14 como é conhecida entre os busólogos, trouxe o modelo antigo da carroceria Torino, motor Mercedes-Benz OF-1721, que é preferência nas aquisições da empresa.

02 - Viação Fortaleza
As primeiras unidades do New Torino da Viação Fortaleza chegou montado sobre o chassi OF-1519 da Mercedes-Benz, o grande destaque é que esses veículos foram as primeiras a entrar em operação e, também os primeiros com duas portas da cidade, na frota da empresa também está composta de veículos com três portas na mesma configuração de chassis. Nesse novo lote a empresa passa a receber novos veículos para continuar sua constante renovação. E para atender suas linhas de baixa demanda a Viação Fortaleza também está recebendo modelos Senior Midi.

19 - Fretcar
Mas a primeira a trazer o lançamento da Marcopolo para o segmento urbano foi a Fretcar, que inovou tanto no metropolitano quanto no urbano, o ônibus chama atenção por onde passa devido ao desenho futurista do farol dianteiro que é equipado com lâmpadas de led. O novo painel traz novidades como uma tela de LCD, onde o motorista controla algumas funções do veículo como o abrir e fechar das portas. Inspirado no moderno conceito de design já utilizado no modelo Viale BRT, o novo Torino chegou com a missão de permanecer líder de vendas por suas características e soluções técnicas que o tornou referência no mercado.

26 - Maraponga
Na Maraponga o chassi escolhido, é o 17.230 OD - Euro V da Volkswagen/Man que possui a robustez característica da marca adequado às operações severas de operação das grandes cidades e também possui sistema EGR de tratamento de gases que dispensa o uso do aditivo ARLA-32. Nesta semana a empresa também recebeu novos modelo do Senior Midi. Com mais três décadas de atuação no transporte coletivo de Fortaleza, a Maraponga Transportes possui uma das frotas mais novas da cidade, iniciativa agregada à empresa desde sua fundação, na qual vem constantemente renovando sua frota de veículos.

30 - Viação Urbana
Também com Mercedes-Benz OF-1519 são as novas unidades da Via Urbana. Os carros acompanham a mais alta tecnologia, com um computador de bordo de fácil manuseio para o operador, integrando as principais funções do painel com um simples toque na tela. Além disso, possuem moderna iluminação interna e externa através de leds, acessibilidade e motores com tecnologia BlueTec 5, sendo bem menos poluentes.

42 - Dragão do Mar
A nova geração do Torino lidera entre as mais recentes aquisições para o segmento urbano e metropolitano no Ceará, e a Auto Viação Dragão do Mar, também escolheu o campeão de vendas para mais esta renovação anual. com um lote de 10 unidades do novo modelo, são montados sobre o versátil chassi Mercedes-Benz OF-1519 Euro 5. Onde os busólogos do Fortalbus puderam conferir esta novidade no encontro promovido na garagem da Dragão do Mar. 

35 - Vega
A maior empresa do transporte coletivo de Fortaleza, a Vega recebeu suas unidades 2014 no inicio do ano, mais ainda no antigo visual, por isso a empresa iniciou um processo de repintura de sua frota com a nova padronização, enquanto aguarda a chegada de novos carros à frota  O primeiro veículo da Vega a receber o novo visual foi o torino de prefixo 35224 que já está em operação nas linhas da empresa.

67 - Cootraps
As vans do transporte alternativo de Fortaleza, conhecidas como "topiques", passarão por mudanças em sua identidade visual. Alguns veículos já ostentam a mesma padronização dos ônibus do Sistema Integrado (SIT-FOR). O padrão adotado pela Cootraps, cooperativa responsável pelas vans, reforça ainda mais sua participação no SIT, após permutas com linhas regulares.

A presença de "topiques" nos terminais ainda causa estranheza nos usuários, mas a nova identidade visual deverá trazer mais familiaridade, já que as vans operam em linhas que antes eram operadas por ônibus, da classe alimentadora (bairro-terminal). Enquanto isso, algumas linhas do transporte alternativo (definição que está entrando em desuso) têm suas viagens realizadas por ônibus.

Gradativamente, a Cootraps foi ganhando espaço no SIT-FOR. Após a licitação realizada em 2012, passou a ser a única permissionária das linhas complementares de Fortaleza. Também recebeu um código (67), tal como as empresas de ônibus, além de unificar toda a frota de vans, possibilitando o remanejamento de veículos entre as linhas. Agora, consolida-se como operadora do sistema, ao deter linhas com demanda compatível às "topiques" e integrar-se à nova identidade visual, recentemente implantada na capital.

Além desta nova padronização para os veículos padron, está previsto para chegar em outubro, os ônibus articulados, que irão circular nos corredores expressos, que integrarão as novas ações de mobilidade urbana em Fortaleza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados