segunda-feira, 15 de setembro de 2014

No Ceará, 60% aprovam ônibus intermunicipais

Pesquisa Datafolha revelou que 60% dos cearenses que utilizam ônibus intermunicipais consideram a qualidade do meio de transporte ótima ou boa. O estudo foi realizado entre os dias 1º e 2 de setembro com 1.042 pessoas em 42 municípios do Estado. A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.

O estudo aponta que 52% dos entrevistados aprovam o preço praticado pelas empresas de ônibus intermunicipais. A pesquisa ainda revelou que os que mais utilizam este tipo de transporte são os residentes em outros municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), representando 78% dos entrevistados. Também aponta que a Capital cearense é o destino da maioria dos entrevistados (45%).

A professora aposentada Maria Eurenides Oliveira, 67, é uma das que aprova a qualidade dos ônibus intermunicipais. “Gosto da viagem. Acho o preço justo. Não tenho nada contra não”, destacou. Ela disse ainda que a segurança nas viagens é outro ponto importante. Ela costuma viajar para Sobral, na zona norte do Ceará. De acordo com Maria, a qualidade dos transportes intermunicipais tem melhorado no decorrer dos anos. “Os ônibus iam muito devagar, davam o prego no caminho, tinha uns muito velhos”; lembra.

Dentre os entrevistados da pesquisa, 36% declararam que utilizam este tipo de transporte entre municípios, sendo a maior frequência de mulheres (40%) e pessoas de 60 anos ou mais (45%).

Novas linhas
De responsabilidade do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), a concessão das linhas será renovada em 2014, quando a licitação completará cinco anos. A previsão é de que ainda este mês ou no máximo até o final do ano seja aberto um edital para que novas linhas de ônibus e transportes complementares possam operar no deslocamento metropolitano, ligando Fortaleza aos municípios da RMF.

Segundo informações do Detran-CE, Pecém, Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba e Horizonte serão as localidades mais atendidas com o edital.

Para que as empresas possam operar nesse novo trajeto intermunicipal, elas devem obedecer a critérios como, por exemplo, ter garagem para ônibus próximo aos locais onde a companhia atua, além de seguir requisitos de preços de passagens, que serão avaliados na hora da contratação por meio de licitação.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados