segunda-feira, 6 de outubro de 2014

BRT de Fortaleza ganha seus primeiros ônibus articulados

Por Fortalbus
No início da década de 1990, Fortaleza recebia seus primeiros ônibus articulados, mais conhecidos como "sanfonas". Eram quatro unidades que pertenceram à Companhia de Transporte Coletivo (CTC), estatal que era considerada a melhor empresa da cidade à época. 

Os novos ônibus vieram reforçar ainda mais a credibilidade dos serviços da CTC junto à população, mesmo que não houvesse toda a estrutura necessária para a operação deste tipo de veículo. E os bravos guerreiros permaneceram em operação até o início do século 21.

Com a recente inauguração do novo Terminal Antônio Bezerra e a adoção de diversas faixas preferenciais para ônibus, o BRT de Fortaleza está cada vez mais consolidado. O chassi articulado Volvo B340M é o carro-­chefe dos BRTs de diversas cidades do mundo. Além de priorizar a capacidade de passageiros, o veículo possui computador de bordo com diagnóstico de falhas, motor horizontal e já é adaptado para transporte em plataformas.

O ônibus articulado da Viação Santa Cecília, foi o primeiro a chegar para as operações no Expresso Fortaleza, foi apresentado à população e à imprensa no novo terminal de Antônio Bezerra. O veículo, como não poderia deixar de ser, despertou a atenção dos transeuntes que passavam pelo local. Antes de iniciar as operações no corredor Antônio Bezerra/Centro, previsto para o final do ano, o articulado estará em operação na linha 350 - José Bastos/Lagoa.

As unidades do modelo Viale, modelo BRT produzido pela Marcopolo, estão chegando em Fortaleza para a ilustrar as frotas das Empresas Auto Viação Dragão do Mar e Viação Siará Grande. Em breve os veículos BRT da Mercedes-Benz serão apresentados aos fortalezenses.

O modelo escolhido pela Mercedes-Benz foi o O-500 MA Articulado Piso Alto, é a mais moderna e rentável solução para atender à demanda de passageiros nos grandes centros urbanos. Incorporando todas as vantagens da tecnologia Mercedes-Benz, este chassi vem equipado com motor eletrônico OM-457 LA (Proconve P-7), posicionado na traseira do veículo, o que traz maior facilidade na manutenção diária, melhor dirigibilidade com mais segurança e menor risco durante a época de chuvas. 
Fotos: Alexander Guimarães
As empresa de ônibus, Vega S/A, Auto Viação Fortaleza, Viação Urbana, Maraponga Transportes e São José Transportes, receberá suas unidades encarroçados com chassis Mercedes-Benz.

Surge também a informação de que mais uma empresa deverá receber BRT em breve. Trata-se da Empresa Santa Maria, integrante do Consócio Antônio Bezerra e que, certamente, irá operar o corredor Antônio Bezerra/Centro. O investimento da empresa foi em uma unidade do modelo Caio Millennium BRT, equipado com chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5, com as mesmas características dos demais articulados. 
Fotos: William Rufino
O BRT Expresso Fortaleza evolui
O projeto de corredores exclusivos, mais conhecidos como Bus Rapid Transit (BRT), não é trunfo de gestões recentes. Surgiu ainda na década de 90, na gestão do então prefeito Juraci Magalhães, como iniciativa do BID-FOR. Posteriormente, tornou-se Transfor (Programa de Transporte Urbano de Fortaleza), que possui como prioridade a implantação de corredores BRT. 

Na atual administração municipal, são dignos de reconhecimento as ações voltadas ao transporte coletivo, como a implantação do Bilhete Único, finalização das obras de reforma e ampliação do terminal de Antônio Bezerra e implantação de faixas preferenciais (BRS) em vias que concentram grande quantidade de linhas.

A conclusão do corredor Antônio Bezerra/Centro ainda depende da construção de estações especiais para os ônibus articulados e adequação do corredor junto ao canteiro central. 

Apesar disso, o BRT de Fortaleza injeta ânimo e confiança no transporte da capital, em que o usuário só terá a ganhar com a operação de um sistema moderno, pontual, ágil e credível. Mesmo que os resultados definitivos surjam a longo prazo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados