quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Rota Expressa S/A encerra suas atividades após 15 anos de operações

Por Fortalbus
A Rota Expressa S/A, que atendia moradores da grande Messejana, deixou de operar no sistema de transporte urbano de Fortaleza nesta terça-feira (30). Segundo informações as dificuldades financeiras fez com que a empresa deixa-sse de operar. Mas a empresa sempre será lembrada por sua trajetória que já durava 15 anos, sempre prestando bons serviços aos seus passageiros.

Originária de um tradicional grupo do ramo de transportes de passageiros do Ceará. A Rota Expressa Transportes foi fundada em 1999, após uma cisão da gigante Autoviária São Vicente de Paulo, a empresa era participante do SIT-FOR no consórcio Messejana. 

No inicio das operações em 1999 a empresa contava com 78 veículos que operava todas as linhas terminal-bairro (Alimentadoras) do terminal Messejana, além de outras linhas. A empresa também na cisão ficou com a garagem filial da Autoviária, até o encerramento de suas atividades. 

No primeiro ano de operações a empresa inovou a frota urbana de Fortaleza com a compra de duas unidades do modelo Busscar Urbanuss sobre o chassi Scania F-94, e o grande destaque na linha 600-Messejana Expresso, essas duas scanias faziam parte da primeira renovação de frota iniciada com 24 ônibus, sendo um veículo para portadores de necessidades especiais. Em 2001 a empresa adiquiriu o primeiro caio apache vip, sendo mais um diferencial na sua frota.

A Rota Expressa na sua história sofreu duas cisões, sendo uma em 2001 cedendo algumas de suas operações para a Rota Sol que em seguida virou a atual Vega Transportes. A outra cisão ocorreu em 2003 onde nasceu a Terra Luz Transportes deixando a matriz operando com a frota reduzida e apenas cinco linhas. 

Em 2009, a Rota Expressa e Terra Luz revisaram suas operações, dando um equilibrio operacional na qual cada uma seguiu de vez seu rumo no Sit-For. Em 2012 a empresa que é associada ao Sindiônibus concoreu a licitação municipal do transporte coletivo de Fortaleza, através do recém criado consórcio Messejana, na qual a empresa saiu vitoriosa.

Frota com idade média inferior a quatro anos e seis meses e recursos tecnológicos obrigatórios formavam o cenário dos ônibus da Rota Expressa que eram muito conservada, dando preferência nos últimos anos a renovação com Marcopolo e Neobus. 

Agora só nos restam as lembranças dos ônibus da Rota Expressa S/A cruzando as ruas e avenidas de Fortaleza. Sem dúvidas as recordações são da melhor qualidade, não só pelo Fortalbus, mas também dos busólogos e principalmente dos usuários de suas linhas, que fizeram parte desses 15 anos de atividades, com motivos para guardar sempre na memória do transporte coletivo do Ceará.

Um comentário:

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados