quarta-feira, 5 de novembro de 2014

BRT Fortaleza: Ônibus articulados têm câmbio automático, suspensão pneumática e ar condicionado

Por Fortalbus
A frota do transporte coletivo de Fortaleza recebeu um reforço de 8 ônibus articulados. Os novos veículos, com 18 metros de comprimento, podem transportar até 180 passageiros, enquanto os ônibus comuns suportam no máximo 80. Todos possuem ar-condicionado. Dentre outros apetrechos, estão ausência de embreagem, banco regulável para o motorista e câmera de ré. 

As empresas Santa Cecília, Dragão do Mar, Maraponga, Siará Grande, Vega, Viação Fortaleza, Viação São José e Viação Urbana investiram em torno de R$ 7 milhões na aquisição dos ônibus articulados. Cada veículo custou, em média, R$ 750 mil.

Diferente dos modelos 'sanfonados' que começaram a circular na capital cearense na década de 90, os novos coletivos do tipo têm câmbio automático, suspensão pneumática, ar condicionado, abertura e fechamento das portas com travamento elétrico.

A grande novidade do sistema é que partir do 1° de dezembro, todos os novos veículos que entrarem na frota da Cidade deverão ser climatizados e a expectativa é de que toda a frota da Capital tenha ar condicionado em no máximo 6 anos.

O busólogo Marcelo Filho, 20, do grupo Fortalbus, foi à mostra e elogiou a aquisição dos ônibus, “os mais modernos da atualidade”, como afirmou. Para Marcelo, os veículos servem para ajudar a “desmitificar” o transporte público.

Essa é também a opinião do presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira. Para ele, os novos ônibus são importantes para o processo de desconstrução da “cultura” de ineficiência do transporte público. Ele aponta a velocidade ganhada pelos novos ônibus como uma de suas principais vantagens.

Segundo Dimas, os ônibus articulados serão postos para circulação à medida que forem sendo terminados os corredores exclusivos para ônibus. Fortaleza deve contar com 40 ônibus articulados, após a conclusão de todos os corredores pela Cidade. Atualmente, são 44,1 quilômetros de priorização do transporte coletivo. Até julho de 2015, esse número será de 122 quilômetros. O presidente do Sindiônibus afirma que os oito ônibus desta leva estarão à disposição até o fim deste ano, conforme a liberação do corredor na avenida Bezerra de Menezes.

O sistema de transporte público de Fortaleza recebeu sete ônibus articulados Mercedes Benz O-500 MA 2836. As empresas fizeram o investimento de cerca de R$ 6 bilhões nos equipamentos que têm ar-condicionado, além de outras tecnologias direcionada a usuários, motoristas e cobradores. O chassi é equipado com motor eletrônico OM-457 LA (Proconve P-7), de posição traseira. Desenvolve 354 cv e promete maior facilidade na manutenção, além de economia de combustível.    Articulação com pistões hidráulicos oferece excelente dirigibilidade e praticidade no encarroçamento.      

Já a suspensão pneumática integral garante mais conforto e confiabilidade. 5O conjunto de freio antiblocante (ABS) se traduz em mais segurança para os ocupantes e o sistema Blue Tec 5 reduz a emissão de gases poluentes. É a mais avançada tecnologia à disposição dos usuários do transporte coletivo de Fortaleza. A fornecedora desses sete primeiro ônibus, de um total de 20, foi a Ceará Diesel, concessionária Mercedes Benz para ônibus no Estado.

O diretor comercial da Ceará Diesel, Odmar Feitosa, destaca o marco de ser o primeiro corredor de ônibus articulado no Estado. “Tem uma capacidade de passageiro muito maior. A tendência do transporte nos grandes corredores é o articulado. Fortaleza está passando por essa transformação”.

Mas, o primeiro ônibus articulado do BRT Fortaleza, pertence a Viação Santa Cecília e possui chassi B340M Volvo e carroceria da Mascarello Granmetro. Equipado com ar condicionado, suspensão pneumática, câmbio automático e portas elétricas.

Com a recente inauguração do novo Terminal de Antônio Bezerra e a adoção de diversas faixas preferenciais para ônibus, o BRT de Fortaleza está cada vez mais consolidado. O chassi articulado Volvo B340M é o carro-­chefe dos BRTs de diversas cidades do mundo. Além de priorizar a capacidade de passageiros, o veículo possui computador de bordo com diagnóstico de falhas, motor horizontal e já é adaptado para transporte em plataformas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados