segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Fortaleza: Com faixas exclusivas, velocidade de ônibus cresce até 207%

Cinco meses após a implantação do sistema binário na Aldeota, a primeira avaliação oficial sobre a faixa prioritária para o transporte público é positiva. Considerando o horário de pico da tarde, entre 17h e 19 horas, o aumento da velocidade média dos ônibus chegou a 207% na Santos Dumont, com tempo de viagem reduzindo de 27 minutos para nove minutos. Na Dom Luís, o aumento foi de 144%.

De acordo com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), dados preliminares de avaliação identificaram, ainda, crescimento de 70% na velocidade média dos coletivos na Avenida da Universidade, de 120% na Carapinima e de 40% nos trechos iniciais da Antônio Sales, entregue finalizada ontem. “Chegar a 20km/h é um excelente nível. Conseguimos isso na Dom Luís (que chegou a 22,42km/h) e, na Santos Dumont, estamos a caminho (chegou a 13,5 km/h)”, afirmou o titular da SCSP, Luiz Alberto Sabóia.

Os resultados têm relevância. Para o secretário, “a cidade está começando a respeitar a faixa prioritária”. O objetivo da Prefeitura é fazer com que os percursos pendulares de tráfego da Capital, que representam 60% dos trajetos diários, possam ser feitos em ônibus. “Ter como eixo central da mobilidade o transporte público é única saída para Fortaleza ter um trânsito mais civilizado e humano. O padrão de uso do carro precisa mudar”.

A premissa de escolha para implantação do espaço prioritário é que a via tenha, no mínimo, três faixas. “Isso para não prejudicar o trânsito misto. Porém, a depender dos resultados, poderíamos atacar outros tipos de vias”, frisa o engenheiro civil Ezequiel Dantas, técnico do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt).

Ações em 2015
Novas faixas prioritárias deverão funcionar nas avenidas Perimetral e Leste-Oeste ainda em dezembro. Em 2015, de acordo com Luiz, o objetivo é ampliar a iniciativa para bairros mais distantes do Centro. A avenida Raul Barbosa também deve fazer parte das ações, que incluem corredores exclusivos com pontos de parada no canteiro central.

O próximo ano deve ter ainda a implantação de um sistema informativo ao usuário. “É um aplicativo móvel em que o passageiro seleciona a linha e o ponto de parada que quer. Em tempo real, serão dados os tempos de chegada da linha esperada e das próximas”, detalha o secretário. A previsão é disponibilizar painéis informativos apenas nos terminais de integração. “Você pode ter esses painéis no bolso, no celular. Não precisa se deslocar até o ponto de parada para ter acesso às informações”, defende.
Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados