domingo, 16 de novembro de 2014

Fortaleza: Obra do BRT será entregue em dezembro, os novos ônibus que vão trafegar no corredor já chegaram

O corredor de ônibus da Avenida Bezerra de Menezes tem nova data para começar a operar. Com previsão anterior de conclusão ainda para este mês, o empreendimento só deve ficar pronto, de fato, na segunda quinzena de dezembro, segundo informa o titular da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), Samuel Dias. Enquanto isso lojistas e moradores da região se sentem prejudicados com a demora.

Desde que as obras começaram, as vendas na loja do comerciante Antônio Paulo da Silva cairam cerca de 60%. "Por causa das obras as pessoas estão deixando de transitar na avenida e, por isso, não vêm comprar por aqui", reclamou mostrando a loja vazia no meio da tarde.

Ao contrário de alguns meses atrás, ressaltou Silva, o trânsito na via melhorou, pois agora os condutores preferem procurar outras vias para trafegar. "A movimentação por aqui mudou demais. Até mesmo os engarrafamentos diminuiram".

Segundo o empresário José Elieser Oliveira Moreira, que tem uma loja naquela avenida, desde que as mudanças nas faixas tiveram início 79 estabelecimentos já fecharam. "É muito prejuízo. As vendas caíram mais de 60%", reclamou.

Devido ao ritmo lento da obra ele não acredita que tudo será finalizado e entregue para a população em dezembro. "Já adiaram tantas vezes que eu não sei mais o que é verdade. Além disso, o pessoal parece que trabalha em marcha lenta", destacou.

Até agora, 70% dos serviços do corredor de ônibus estão concluídos, informou Samuel Dias. Assim que o empreendimento for entregue, garante o gestor, o corredor entrará em funcionamento, proporcionando o aumento na velocidade dos coletivos e o encurtamento no tempo das viagens naquele trecho.

Para o secretário, os atrasos no cronograma devem-se a dois fatores. Um deles é a alteração no projeto original, que precisou sofrer ajustes à medida que a obra ia avançando, devido às circunstâncias encontradas em campo. "Para efetuar o serviço foi preciso escavar e, quando isso foi feito, percebeu-se a presença de tubos de drenagem que não estavam previstos, por exemplo", explica.

De acordo com Dias, fatos como este requerem mudanças na programação, que causam a diminuição o ritmo de produção na obra e, consequentemente, os atrasos.

O segundo motivo relatado pelo gestor para a demora na entrega do corredor é o fato de os serviços serem executados com mão de obra intensiva, utilizando prioritariamente a força humana, com poucas máquinas em operação.

"Obras pouco mecanizadas são mais sujeitas a atraso", argumenta Samuel Dias. A execução dos trabalhos está a cargo do consórcio Queiroz Galvão/Galvão Engenharia.

Maio de 2014
O trajeto do corredor para ônibus na Avenida Bezerra de Menezes terá, ao todo, dez estações. A implantação dos novos pontos de parada foi iniciada no último dia 15 de maio e tinha previsão inicial de entrega no mês de agosto, três meses atrás. O custo total do empreendimento é de R$ 9 milhões.

"Os ônibus já chegaram e as paradas elevadas já estão sendo construídas. Algumas faltam apenas paisagismo e acabamentos, e em outras ainda falta fazer a pavimentação das ilhas e também da via onde antes havia o canteiro central", diz o secretário de Infraestrutura da Capital.
Com informações: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados