quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Gontijo renova a frota de suas linhas intermunicipais no Ceará

Por Fortalbus
A maior frotista Scania do mundo, se mantém fiel a marca Sueca e, em sua renovação 2014, o Grupo Gontijo incorpora mais 118 unidades Scania para as suas três empresas.  Além das 100 unidades do já conhecido K-400IB 6x2 sob carroceria Marcopolo Paradiso 1200 (65 para a Empresa Gontijo, 30 para a São Geraldo e 5 para a Nacional) a Gontijo traz também para a sua frota 18 unidades do K-310IB 4x2 encarroçados em Viaggio 1050 Marcopolo, configuração inédita para a empresa.
Fotos: Pedro Valgas
O Chassi K-310Ib 4x2 da Scania possui um motor eletrônico de cinco cilindros, que aliado ao sistema de injeção PDE, turbocompressor e intercooler gera uma potência máxima de 310Hp a 1900RPM e um torque máximo de 1550Nm entre 1100 e 1350RPM.  O câmbio automático Opticruise (com 8 marchas e retarder integrado) garante uma condução segura e precisa ao motorista e um maior conforto aos passageiros.  A carroceria Viaggio 1050 da Marcopolo, casa perfeitamente com o chassi, garantindo o máximo de eficiência ao veículo e menor consumo de combustível.  Os novos veículos possuem 38 lugares com encosto para as pernas, ar condicionado, WC e bebedouro.

Integrante desde 2009, do sistema intermunicipal no Ceará fazendo parte do consórcio Princesa dos Inhamuns/Gontijo, a Empresa Gontijo trará para o Ceará pela primeira vez veículos 0Km para operar exclusivamente dentro do nosso estado. Quatro unidades dos novos Viaggios irão compor a frota intermunicipal da Gontijo, substituindo os Paradisos 1200 Geração 6 da Marcopolo que atualmente rodam nas linhas Crateús x Sobral e Crateús x Camocim.

A segunda metade da década de 70 foi marcada pela incorporação de várias linhas e empresas. A Gontijo acelerou fundo em direção ao Nordeste, procurando principalmente estabelecer uma ligação com São Paulo, e aproveitou uma grande oportunidade. Comprou a Viação Bonfinense, com seus 140 ônibus e várias linhas ligando São Paulo ao Nordeste, e abriu definitivamente as portas para um mercado que hoje responde por cerca de 35% do movimento da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados