quarta-feira, 26 de novembro de 2014

São José e seus Thunder Boy, um miniônibus no Sistema Integrado de Fortaleza

Por Fortalbus
Desde a segunda metade da década de 1990, os microônibus estão presentes na frota da capital cearense, e desde então, tornaram-se cada vez mais comuns no Sistema Integrado de Transporte. Sendo incorporados à grande parte das empresas que atuam na cidade, os micros ganharam modificações em relação as primeiras unidades adquiridas, como o acréscimo da segunda porta e maiores dimensões no comprimento da carroceria, além de um outro segmento popularmente conhecido como micrão.

Mas no ano de 2004, um modelo diferenciado chegava ao transporte local, era o Thunder Boy, o primeiro miniônibus do Sistema Integrado de Fortaleza. O modelo se encaixava na categoria de miniônibus devido ao seu menor porte em relação a um micro. As 12 unidades, prefixos 401 ao 412, tinham chassis Mercedes-Benz LO-812.

Além dos primeiros miniônibus, também foram os primeiros Neobus adquiridos por uma empresa de ônibus urbano de Fortaleza. Apesar do seu tamanho compacto, sua capacidade era de 22 passageiros sentados, onde a fila do lado direito era única, configuração adotada para dar maior espaço ao corredor, uma vez que a largura total da carroceria era menor comparada aos micros.

Na Empresa São José, o ágil Thunder Boy tinha assentos estofados com encosto alto, porém, sua altura interna não era tão confortável para aqueles passageiros mais altos. Inicialmente, estes veículos eram utilizados em linhas que se dirigiam dos bairros para o centro, mais tarde também foram escalados em linhas alimentadoras, e nos domingos e feriados também podiam ser vistos na linha Siqueira-João Pessoa, ligando o terminal Siqueira ao Centro da cidade.

A carroçadora Neobus produziu o miniônibus Thunder Boy entre 2002 e 2006, e podia ser montado sobre chassis das fabricantes Mercedes-Benz, Volkswagen e Agrale. O pequeno Thunder Boy ainda inspirou o Neobus City Class, versão exclusiva para o chassi Agrale e que teve sua produção estendida até 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados