domingo, 7 de dezembro de 2014

Novas placas dos veículos brasileiros terão padrão dos países do Mercosul

As novas placas dos veículos brasileiros, a partir de janeiro de 2016 serão de acordo com o padrão dos países do Mercosul. A novidade foi apresentada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e aprovado por unanimidade pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Para os veículos que atualmente já estão emplacados, a mudança será opcional, apenas os veículos transferidos de município e com troca de categoria serão alterados. 
As placas terão uma margem azul superior, com o emblema do Mercosul à esquerda. O nome do país estará ao centro, com a bandeira nacional à direita. Os demais itens são linhas onduladas horizontais e marcas d'água com a logo do Mercosul, gravadas na película refletiva. Esse tipo de placa já é utilizado em vários países devido ao contraste com a combinação alfanumérica, que permite uma melhor visualização e leitura pela fiscalização eletrônica. 

De acordo com o Ministério das Cidades, a categoria dos veículos será indicada pela cor da combinação alfanumérica. A proposta adotada para a placa dos cinco países do Mercosul foi elaborada pelo Grupo do Mercado Comum (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela). O objetivo da mudança é ampliar o número de combinações. Segundo o Denatran, serão possíveis mais de 450 milhões de combinações diferentes, contra as pouco mais de 175 milhões de possibilidades do atual modelo brasileiro. 

No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa. A tira é uma maneira de evitar falsificação da placa. A categoria dos veículos será indicada pela cor da combinação alfanumérica: particular (preta), comercial/aprendizagem (vermelha), oficial (azul), experiência (verde), diplomático (dourado) e colecionador (prateado). O novo modelo terá controle nacional para identificar a origem da placa, o que inibirá a clonagem do veículo. 

Saiba o que muda nas novas placas a partir de 2016
1- Mais letras e menos números Em vez de 3 letras e 4 números, como é hoje, as novas placas terão 4 letras e 3 números, e poderão estar embaralhados, assim como na Europa.

2- Cada um com a sua cor A cor do fundo das placas será sempre branca. O que varia, é a cor da fonte. Para veículos de passeio, cor preta, para veículos comerciais, vermelha, carros oficiais, azul, em teste, verde, diplomáticos, dourado e de colecionadores, prateado.

3- Estado e cidade com nome e brasão O nome do país estará na parte superior da patente, sobre uma barra azul. Nome da cidade e do estado estarão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões.

4- Tamanho A placa terá as mesmas medidas das já utilizadas no Brasil (40 cm de comprimento por 13 cm de largura). 

5- Contra falsificações Marcas d'água com o nome do país e do Mercosul estarão grafadas na diagonal ao longo das placas, com o objetivo de dificultar falsificações.

6- Quem terá que trocar O modelo será adotado a partir de 2016 para novos emplacamentos. Para quem tem carro já emplacado, a troca é opcional. Segundo o órgão, o preço será mantido. 
Com informações: Auto Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados