quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Linha 351 - Jóquei Clube/ Bonsucesso é assaltada seis vezes em dois dias

O motorista Manoel Messias, 38, já perdeu a conta de quantas vezes foi assaltado no ônibus 351 - Jóquei Clube/ Bonsucesso. Há pouco mais de um ano, ele dirige a linha e vem percebendo aumento da violência na rota. “Todo dia, eu peço a Deus proteção”. Ontem, por volta das 5h20min, três homens armados anunciaram o assalto no ônibus, que estava lotado.

Outros cinco casos aconteceram na última segunda, 19. Como protesto, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) realizou uma paralisação da linha no Terminal da Lagoa. Na manhã e início da tarde de ontem, nenhum dos ônibus 351 circulou.

“É um risco para nós, mas muito maior para os usuários. Esses bandidos não têm o que perder. E pode ter alguém que reaja”, exalta o motorista José Edson Nóbrega da Silva, que também trabalha na linha. O sindicato pede que um segurança, armado de revólver, circule em cada um dos ônibus 351.

O superintendente técnico do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus), Pessoa Neto, afirma que a medida poderia gerar ainda mais violência e que as armas poderiam ser mais um alvo dos assaltantes. Ele diz que deve marcar reunião com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para viabilizar forma de aumentar a segurança.

O titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), João Pupo, em nota, afirma que a Prefeitura está “trabalhando na instalação de paradas de ônibus mais iluminadas, reforma dos terminais e políticas de segurança”. Já a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) lembrou que as ações contra ônibus reduziram 32% em 2014.

Também em nota, a SSPDS informou que “apesar de não ter sido procurada pelo Sindiônibus, solicitou aos responsáveis pela Área Integrada de Segurança (AIS) 2 que intensifiquem as abordagens nos ônibus” da linha 351 “e reitera a necessidade de que as vítimas registrem os boletins de ocorrência”. O registro permite que as abordagens sejam direcionadas, ação que integra a operação Coletivo Seguro, iniciada em fevereiro de 2014.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados