sexta-feira, 15 de julho de 2016

O início do itinerário eletrônico nos ônibus urbanos de Fortaleza

Por Fortalbus 
Que o itinerário eletrônico frontal representou uma melhor visibilidade na hora da identificação das linhas do transporte público, isso é fato. Além da facilidade de programação e capacidade de armazenamento, os leds ganharam a preferência das empresas cearenses em sua totalidade. 

Antes, os destinos convencionais precisavam ser desmontados para a impressão ou pintura no acréscimo de novas linhas, um processo que nem sempre se adequando a um único padrão. Mas há quem ainda prefira os tradicionais destinos convencionais, que em alguns casos possuíam letras pequenas quando em linhas extensas, ou até mesmo com iluminação insuficiente quando sem manutenção adequada. Hoje o itinerário eletrônico domina o mundo do transporte, deixando de lado as lonas como destino, várias empresas de tecnologia atuam neste mercado.

Pois bem, em 1997 começou a circular por nossa cidade o primeiro ônibus urbano com itinerário eletrônico, feito este oferecido pela Empresa São José de Ribamar, empresa na qual se destacava pela qualidade do transporte.

O Marcopolo Torino GV com prefixo 10029, foi destaque especial em um evento de tecnologia, ocorrido no Centro de Convenções, desde então várias empresas disponibilizam esta tecnologia em seus veículos. Em 1998 a CTC comprou 50 ônibus já embarcados com essa tecnologia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados