segunda-feira, 30 de março de 2015

Um passo no passado: 20 anos do Guanabara 509

Por Fortalbus
A Guanabara nasceu com a convicção de que, para ser uma empresa competitiva, não bastaria oferecer o melhor serviço. Seria preciso também investir na construção de uma imagem para transmitir à sociedade os benefícios dos seus atributos como uma empresa capaz de se diferenciar das de mais. O visual de sua pintura foi uma reformulação da tradicional usada pelo Grupo desde a década de 1970, no qual manteve as mesmas características em forma de flechas nas cores vermelho e azul. 

A primeira logomarca foi criada em 1992 e tratava-se de um símbolo simples, com duas elipses, uma na cor azul e outra vermelha, que sugeria movimento com segurança, conforto e rapidez, em todas as direções. Em seus ônibus ostentava o logotipo que trazia ainda o nome da empresa estampado em azul com os nomes “Expresso Guanabara”.

Em 1995, o veículo de prefixo 509 foi com chassi Mercedes-Benz OF-1620 utilizados pela Expresso Guanabara com motorização dianteira, característica incomum aos demais veículos da frota nos primeiros anos de atuação da Empresa na região nordeste. O veículo tinha carroceria Marcopolo modelo Viaggio GV 850, sendo incorporado à frota da Guanabara para enfrentar um trecho onde as condições ruins de tráfego exigiam esse tipo de veículo. Apesar do chassi OF-1620, usavam rodas maiores que o padrão deste chassi, deixando-os com maior altura em relação ao solo, facilitando seu acesso em qualquer terreno.

Vinte anos depois a Guanabara inicia sua renovação com Marcopolo Paradiso G7 1200 com o chassi Mercedes-Benz O-500 RSD e o veículo 509 é equipado com terceiro eixo, que proporcionam mais espaço e conforto aos passageiros em viagens de longas distancias. Diferente da versão convencional de 1995, o atual 509 é do serviço Executivo (Genesis), com poltronas reclináveis, encosto para pernas e DVD, atual padrão adotado pela empresa desde 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados