quarta-feira, 22 de abril de 2015

Confusão e irregularidades no 1º dia útil de corredor exclusivo Bezerra de Menezes

Com fluxo de usuários 50% maior que no fim de semana, o primeiro dia útil de funcionamento do corredor exclusivo para transporte público, com embarque e desembarque pelo canteiro central, na avenida Bezerra de Menezes, gerou dúvidas e irregularidades.

Poucos eram os que sabiam como proceder. Pedestres caminhavam pela ciclovia, carros trafegavam pela faixa exclusiva para ônibus e passageiros se confundiam com as linhas que foram extintas ou que tiveram nomes modificados.

Funcionários da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) têm realizado trabalho educativo, o que deve se manter por 15 dias. “Eles estão muito perdidos ainda”, comentou Cristiano de Morais, 39, cobrador da linha 200 - Antônio Bezerra/Centro, que começou a funcionar no último sábado. Segundo Cristiano, usuários têm confundido a linha 200 com a 222 - Antônio Bezerra/Papicu/Antônio Sales, cujas frotas têm quatro veículos articulados com ar-condicionado.

Com as mudanças, foi extinto o sistema que especificava paradas para cada linha de ônibus na avenida. “Eles (os usuários) não sabem que, agora, todas (as paradas) são para todos (os transportes públicos)”, explicou Vilamar Brito, orientador da Etufor. Aparecida Monteiro, 39, demorou um tempo até entender que, agora, teria de pegar o ônibus no canteiro central da via. Achou incômoda a modificação do ponto de parada, mas não reclamou. “Primeiro dia vale, né?”, disse.

Observamos vários exemplos de pedestres, passageiros, motoristas e ciclistas confusos com a readequação do trânsito na avenida. Uma mulher chegou a transitar pela pista reservada aos ônibus e um idoso preferiu atravessar fora da faixa de pedestres.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados