quarta-feira, 29 de abril de 2015

Fortaleza: Ônibus podem ter todos os assentos preferenciais para idosos e deficientes

Novo projeto apresentado na Câmara Municipal sugere ao prefeito Roberto Cláudio (Pros) que determine que todos os assentos do transporte coletivo de Fortaleza sejam destinados preferencialmente para pessoas idosas e pessoas com deficiência. A proposta foi encaminhada, nesta terça-feira, 28, para receber parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação. 

Em junho do ano passado, a Câmara aprovou projeto de lei que destinava todos os assentos de transportes coletivos preferencialmente para mulheres, idosos, obesos e pessoas com deficiência. A mudança, no entanto, foi vetada em agosto pelo prefeito Roberto Cláudio. 

Ambos os projetos são de autoria do vereador Carlos Dutra. A justificativa da primeira proposta era de que a mudança ampliaria o direito às mulheres e reduziria abusos ou assédios sexuais em ônibus. 

No novo projeto de lei, Dutra argumenta que “não é incomum nos depararmos com cenas nos coletivos, onde idosos e deficientes viajam em pé, pela ocupação dos poucos lugares reservados, na maioria das vezes por passageiros não afeitos a esse direito”. Atualmente, alguns assentos são reservados nos coletivos para uso preferencial de idosos, obesos, gestantes e pessoas com deficiência.

Após tramitar nas comissões da Casa e ser votado em plenário, a proposta precisará do apoio do prefeito Roberto Cláudio.
Com informações: O Povo

Um comentário:

  1. Acredito que até 50% sim, mas todo o ônibus pra quem muitas vezes não custeia a viagem não, se for todo o ônibus terá que haver um horário para pagantes e outro para não pagantes, dará justiça na hora, caberá aos pagantes exigir o direito de irem sentados, uma coisa desta em SP que tem linahs de mais de 2 horas pra cumprir o trajeto, independente de quem seja não aguenta em pé o tempo todo chacoalhando. Abriria precedente pra outros locais, acho que algo assim não avança.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados