terça-feira, 28 de abril de 2015

Guanabara e a responsabilidade ambiental

A principal filosofia do projeto arquitetônico da nova garagem era aproveitar ao máximo a luminosidade e ventilação natural. Por isso, o prédio do setor administrativo e de recursos humanos possui janelas amplas, de vidro, com esquadrias de alumínio por toda parte possibilitando uma grande economia de energia e contribuindo, dessa forma, para a preservação ambiental. A responsabilidade com o meio ambiente é palavra de ordem na Guanabara e a matriz foi planejada para se adequar por completo ao padrão de sustentabilidade ambiental desejado pela empresa.

A começar pela estação de tratamento de água com sistema de decantação avançado que permite a descontaminação e o reaproveitamento dos recursos minerais utilizados na lavagem interna e externa dos veículos. Segundo o gerente de manutenção predial, Laércio Rolim, são consumidos 40 mil litros de água por dia na matriz não só na higienização dos ônibus, mas também em outras atividades como a rega do jardim. Além disso, a empresa dispõe de mecanismos de dessalinização e aeração para tratar a água de poço profundo.

No tocante aos cuidados com o óleo resultante da queima de combustível pelos motores dos ônibus, a nova garagem da Guanabara possui um dispositivo de coleta dos resíduos que evita a contaminação do solo. O óleo é acondicionado adequadamente e em seguida é recolhido por empresas habilitadas pelos órgãos ambientais que posteriormente purificam e reaproveitam o óleo.

As tecnologias que minimizam os impactos ambientais da atividade não param por aí. A empresa utiliza ainda uma sala de aspiração do pó resultante da limpeza dos aparelhos de ar-condicionado, um filtro que retira as impurezas dos tanques de combustível e uma estação de tratamento de esgoto que realiza o tratamento biológico do efluente sanitário e do restaurante da matriz. 
Destaque também para o sistema de coleta seletiva de lixo com containers especiais destinados a cada tipo de resíduo não contaminado. O material contaminado, como estopas e demais instrumentos utilizados na limpeza dos veículos são recolhidos em ambientes especiais. Todo o lixo é destinado a instituições que reaproveitam os resíduos recicláveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados