sexta-feira, 19 de junho de 2015

Produção de carrocerias de ônibus cai 30%

A indústria de carrocerias para ônibus produziu 7.962 unidades nos primeiros cinco meses deste ano, uma retração de quase 30 % em relação à produção de 11.335 registrada em igual período do ano passado. Entre janeiro e maio foram fabricados 4.711 ônibus urbanos, 1.662 rodoviários, 574 intermunicipais e 1.015 micro-ônibus.

Das linhas de produção da Marcopolo, em Caxias do Sul (RS), saíram 1.647 unidades, 24,5% menos que as 2.184 apuradas em igual período de 2014. Em sua planta industrial do Rio de Janeiro, a Marcopolo Rio fabricou 1.535 carrocerias, uma retração de 10% em comparação às 1.719 feitas de janeiro a maio de 2014.

Forte no segmento de ônibus urbanos, a Caio Induscar fechou os primeiros cinco meses do ano com uma produção de 1.864 carrocerias, uma queda de 43,7% no comparativo com as 3.314 registradas no mesmo período de 2014.

A Neobus entregou ao mercado 966 carrocerias, um volume 30,5% abaixo das 1.391 unidades feitas nos primeiros cinco meses de 2014. Já a Mascarello fabricou 870 carrocerias entre janeiro e maio deste ano, volume 26% inferior ao de 2014, que foi de 1.178 nesse mesmo período.

A Comil produziu nos primeiros cinco meses do ano 855 veículos em suas plantas industriais, 33,8% a menos que os 1.292 feitos entre janeiro e maio do ano passado. A variação mais estável no volume de produção ficou com a Irizar que, entre janeiro e maio deste ano, fabricou 225 carrocerias para ônibus rodoviários, um número 12,5% abaixo das 257 feitas em igual período do ano passado.

Considerando-se exclusivamente o resultado do mês de maio, a retração na produção geral do setor foi de 32,2%, com 1.548 unidades fabricadas, frente a 2.284 apuradas em maio de 2014.
Com informações: Transporte Moderno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados