terça-feira, 21 de julho de 2015

Empresas de ônibus que adotavam os Prefixos Romanos no Ceará

Por Fortalbus
Criado há 2 mil anos na Roma antiga, os algarismos romanos são um sistema de representação de números que usa as próprias letras do alfabeto. Os romanos combinaram os símbolos I V X L C D M para formar o seu sistema de numeração, onde cada letra representava um determinado valor.

Geralmente, os algarismos romanos são usados para numerar os séculos, relógios antigos, primeiras páginas de livros, nomes de reis e rainhas, papas, entre outras coisas. Apesar do seu charme, normalmente as pessoas acham mais fácil usar os algarismos arábicos, o que usamos no cotidiano.

Mas houve uma época que as empresas de ônibus do segmento rodoviário do Ceará utilizavam os algarismos romanos para a identificação de suas frotas, como a Rápido Mossoró, Empresa Itapebussu, Viação Linhares, Rápido Crateús, Expresso Serrano e Autoviária Cearense. Essa forma original de atribuir um numero de ordem ao veículo, tornava-se um pouco complicado de se traduzir, uma vez que não fomos acostumados a utilizá-los no dia a dia.
A Empresa Itapebussu nos primeiros anos de operação adotou a numeração romana
Embora as empresas utilizassem números relativamente baixos, seguindo a ordem crescente da frota, como não recordar das antigas aulas do primário onde aprendemos a usar o sistema romano de numeração. Por questão de estética, esta era mais uma forma de incrementar a identidade visual dos seus veículos nas estradas.

A última empresa a deixar os algarismos romanos como forma de identificação foi a Empresa Rápido Crateús, que de sua fundação na década de 1960 até o ano de 2009, manteve a tradição por mais tempo entre as empresas do estado. O sistema de prefixo da empresa foi abandonado porque um novo método criado pelo Detran-CE tornou-se obrigatório entre as empresas regulares de transporte de passageiros do estado.

Assim como a Rápido Crateús, a Expresso Serrano também utilizou o sistema romano de numeração em sua frota, usando-o até a primeira metade da década de 1990. Além de uma bela e tradicional identidade visual, os charmosos algarismos completavam o padrão visual de sua frota que era composta quase inteiramente por carrocerias Ciferal, e mais tarde também por ônibus Busscar.
Frota com algarismo romano no começo da década de 1990
O sistema de prefixos da extinta Expresso Serrano foi substituído por um de quatro dígitos, onde os dois primeiros representavam o numero de ordem do veículo, seguido pelos dois seguintes que informavam o ano de fabricação do ônibus.

Voltando ainda mais no tempo, relembramos a época em que a Autoviária Cearense era uma das grandes empresas do interior do estado, onde sua frota também era personalizada com os algarismos romanos. Com sede em Sobral, a Autoviária Cearense já foi detentora de linhas intermunicipais como Camocim/Canindé, Sobral/Camocim, Sobral/Canindé, Sobral/Granja, entre outras.
Ônibus Ciferal com o prefixo IX, ou simplesmente 9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados