sexta-feira, 24 de julho de 2015

Prefeitura reforça monitoramento no Corredor Expresso da Avenida Bezerra de Menezes

O Corredor Expresso Fortaleza será monitorado por meio de um Centro de Controle Operacional (CCO) instalado no terminal Antônio Bezerra. O painel é composto por seis telas que acompanham 88 câmeras instaladas nas onze estações, que transmitem, em tempo real, a operação de transporte realizada no Corredor Expresso Fortaleza. Os painéis serão monitorados pelos funcionários da Empresa de Transporte Urbano (Etufor) a fim de verificar a programação da linha 200 e comprovar a eficiência do serviço.

A partir do monitoramento, a Etufor pode verificar a velocidade média comercial da linha, o embarque e desembarque dos passageiros, cumprimento dos horários, o funcionamento do sistema de automação nas portas, entre outras questões relevantes. Esse serviço será disponibilizado para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS), favorecendo a segurança dos usuários nas estações.

Desde 2008, a Etufor monitora os veículos das frotas de ônibus e vans de Fortaleza através do GPS (Global Positioning System - Sistema de Posicionamento Global). O sistema é uma importante ferramenta de radionavegação, baseada em satélites, que auxilia a administração municipal no gerenciamento do transporte público, na medida em que fornece informações diárias sobre a performance dos carros nas ruas da capital. Os dados contidos nos relatórios fornecidos pelo sistema também contribuem para melhorar o planejamento do transporte público, otimizando resultados e aumentando as chances de iniciativas bem sucedidas.

A Prefeitura de Fortaleza também inicia, nesta semana, uma força tarefa de caráter preventivo para evitar ocupações irregulares nas estações do Corredor Expresso e áreas próximas. A ação é articulada pela Coordenadoria das Regionais e composta por agentes da Etufor, das Secretarias Regionais I e III, além da Guarda Municipal e da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). Inicialmente, os fiscais vão monitorar as onze estações por meio de equipes móveis e fixas, especialmente durante os horários de maior movimentação de usuários do transporte público, além de manter permanente contato com a Guarda Municipal.

A ideia é avaliar, semanalmente, a eficácia da operação para aprimorar os trabalhos. De acordo com o coordenador executivo de Articulação das Secretarias Regionais, Pedro Rocha, “a intenção é prestar apoio ao cidadão, já que essa é uma experiência histórica para Fortaleza que nunca teve um modelo de transporte eficiente e diferenciado como o Corredor Expresso”.

Corredor Expresso
Com a nova operação, a linha 200 - Antônio Bezerra/Centro passa a utilizar a Faixa 2 do corredor ao lado do canteiro central. Assim, os usuários da linha só poderão utilizar as estações pra embarcar e desembarcar pelas portas do lado esquerdo dos ônibus articulados. Em breve, passa a operar também nas estações a linha 222 - Antônio Bezerra/Papicu/Antônio Sales.

O embarque no coletivo continua sendo realizado pela porta traseira e o desembarque pelas duas portas dianteiras. O embarque de idosos, gestantes, pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção deve ser feito pela porta dianteira mediante pagamento junto ao cobrador. Os usuários que contam com cartão de gratuidade devem utilizar a porta de embarque.

O corredor exclusivo liga o novo terminal do Antônio Bezerra ao centro. A entrada e saída das estações são realizadas pelas rampas que ficam próximas aos abrigos. A sinalização orienta por onde os passageiros devem seguir, inclusive com piso podotátil. As estações são dotadas de sistema de automação que viabiliza as portas automáticas de maneira sincronizada com a chegada e saída dos veículos.

As fiscalizações de trânsito permanecem de forma contínua, por meio de câmeras, em diversos pontos ao longo da Av. Bezerra de Menezes, e de agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), inclusive com a fiscalização de estacionamentos irregulares. No caso do BRT, que é segregado fisicamente pelo gelo baiano, não há exceções de uso para veículos, como é o caso das faixas exclusivas, sendo expressamente para o ônibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados