quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Trânsito provoca caos no Terminal Parangaba

Buzinas, trânsito parado e uma multidão de pessoas em suas plataformas, à espera de seus ônibus.  É assim que acontece nos horários de pico no terminal da Parangaba, em Fortaleza. A artesã Oneide Silva, 66 anos, diz que diariamente passa cerca de 15 minutos dentro do ônibus para sair do Terminal. “Não basta passarmos vários minutos esperando a condução, quando ela chega, ainda demora para sair do terminal por causa do trânsito que fica dentro e fora”, reclama.

Os passageiros afirmam que a situação piorou com a inauguração do shopping em frente ao terminal. Segundo o mestre de obras Divaldo Silva, 40 anos, os ônibus têm dificuldade de entrar no terminal pela Avenida Doutor Silas Munguba, em frente ao Shopping Parangaba, diante do engarrafamento no interior do próprio terminal nos horários de pico. “Com o shopping piorou, pois é uma avenida só para entrada e saída dos dois estabelecimentos de grande fluxo. Não houve planejamento e a população é quem está pagando”, lamentou.

Atrasos
O congestionamento dos ônibus forma-se nas duas entradas do terminal de ônibus. Enquanto o fluxo de ônibus na entrada do terminal congestiona, na Avenida Doutor Silas Munguba, os passageiros ficam à espera do transporte nas plataformas. O motorista Cláudio Souza diz que fica mais de 30 minutos para conseguir entrar no terminal, pegar os passageiros e conseguir sair. “Todo dia, perdemos esse tempo, tanto de manhã quanto à noite. Os passageiros ficam com raiva, mas nós não temos culpa. É preciso de uma organização, tanto nas ruas do entorno quanto dentro do próprio terminal”, falou. O mesmo ocorre na entrada pela Rua Eduardo Perdigão, quando os ônibus que chegam da Silas Munguba se encontram com os veículos que vieram do Centro e Siqueira.

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou que passam pelo terminal 189.512 pessoas por dia. Os passageiros do sistema de transporte coletivo reclamam dos atrasos que sofrem para compromissos e até mesmo para voltar para casa após um dia de trabalho. No entanto, sugerem a presença de agentes de trânsito, em horários de pico, para o controle do fluxo que ocorre somente pelos semáforos.

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) esclarece que está sendo realizado um estudo que envolve a região da Parangaba, visando à melhoria da circulação. Segundo a assessoria do órgão, a principal medida será a redução de um estágio no semáforo situado no cruzamento da Rua Eduardo Perdigão com a Av. Osório de Paiva, que diminuirá os tempos de viagem e aumentará a velocidade média dos veículos. Atrelado a isso, encontra-se ainda em avaliação a possibilidade de ampliação da capacidade da referida via.

Binário
Outro projeto previsto para a área é o Binário da Parangaba, envolvendo diretamente as ruas Germano Frank e Barão de Canindé. O binário terá início na Avenida Godofredo Maciel e seguirá até a Avenida Gomes de Matos, no Montese, seguindo pelas vias Germano Frank, Almirante Rubim e César Rosas.

Com a intervenção, haverá um alargamento da Rua Germano Frank entre a Rua Júlio Verne e Avenida Silas Munguba. A partir da Rua Júlio Verne, na direção Norte, a Rua Germano Frank fará um binário com a via paralela, Rua Barão de Canindé, até a Rua Barão de Sobral, no bairro Montese.

Com o alargamento, haverá a implantação de faixas exclusivas para ônibus na Rua Germano Frank e infraestrutura cicloviária (ciclovia em alguns trechos e ciclofaixas em outros). Além disso, será requalificada toda a iluminação da região, novo pavimento, plantio de novas árvores e obras de microdrenagem.
Com informações: O Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados