quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Licitação para gestão dos terminais de ônibus tem apenas a Socicam como concorrente

Uma única empresa se prontificou a administrar os sete terminais de integração de ônibus de Fortaleza. Na manhã de ontem, interessados em gerir os espaços, que hoje são de domínio municipal, tiveram a oportunidade de apresentar propostas técnica e de preço na sede da Central de Licitações, no Centro, mas, somente a Socicam - especializada em terminais de passageiros - manifestou interesse. 

A proposta enviada pela empresa não pôde ser aberta ontem, entretanto, em virtude do adiamento da etapa de análise de documentação, visto que a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) ainda não havia formado corpo técnico para analisar o que foi apresentado. A equipe, segundo representantes da Etufor na reunião, deve ser formalizada no Diário Oficial do Município até o fim desta semana.

Logo que estiver finalizada a análise técnica, será examinada a proposta orçamentária enviada pela empresa. Somente após o valor ser aceito pelo Executivo é que deve ser divulgado quanto será gasto na “terceirização” dos terminais de ônibus. “A próxima reunião que for convocada já é para encerrar (o processo de licitação)”, estimou o presidente da Etufor, Antônio Ferreira.

A manutenção mensal dos equipamentos deve custar até R$ 2 milhões. Na época, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) garantiu que a mudança não vai afetar o preço das passagens de ônibus.

Administração
De acordo com o presidente da Etufor, a ideia é que somente uma empresa seja responsável pela gestão de serviços de segurança, limpeza, administração e manutenção predial, por exemplo, dos terminais da Capital. Com isso, a Etufor ficaria responsável apenas pela logística do sistema de transporte público.

Apesar da mudança, a concessão das empresas de ônibus não sofrerá alteração. A autorização para os atuais permissionários acaba em 2016 e, de acordo com a Etufor, elas devem ser renovadas.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados