quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Desrespeito a assentos preferenciais nos ônibus de Fortaleza ainda é comum

Os avisos estão fixados dentro dos ônibus e são claros: os assentos são preferenciais para idosos, deficientes, gestantes e pessoas com crianças de colo. Os idosos, por exemplo, reclamam que o difícil é fazer valer a regra. 

Segundo a gerente administrativa do Sindiônibus, Maria José Luz, os motoristas e cobradores passam por um treinamento e devem orientar os passageiros sobre a prioridade.

Quem flagrar alguma infração, pode denunciar. “Nós temos um serviço de teleatendimento, o Alô Sindiônibus, funcionando através do telefone 4005 0956. É necessário que se tenha o número do veículo, a linha e o horário”, esclarece.

A Câmara Municipal de Fortaleza propôs, no ano passado, um projeto de lei que destinava não apenas alguns, mas todos os assentos para os grupos prioritários, assim como para mulheres e pessoas obesas. No entanto, a Prefeitura não aprovou a ideia e o projeto de lei foi arquivado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados