quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Grandes novidades nas empresas de ônibus rodoviário

Por Fortalbus
O setor de transporte de passageiros rodoviário no Brasil vem passando por fase de transição mediante as novas regras e a concorrência. Muitas empresas de ônibus para conquistar mais passageiros buscam renovar para se fortalecer neste momento de instabilidade no mercado.

Unesul
A Marcopolo está iniciando a entrega dos novos veículos do modelo Paradiso G7 1350, para a gigante gaúcha Unesul Transportes. Os ônibus destacam-se pelo amplo espaço para bagagens, com 1.350 mm de saia lateral e uma das maiores capacidades volumétrica do mercado, com mais de 20,5 metros cúbicos. O interior do veículo oferece modernas poltronas com 1.060 mm de largura, porta-focos e toalete, e , foi desenvolvido especialmente para atender às necessidades dos operadores em viagens de média e longa distâncias.

O Paradiso 1350 foi lançado para completar a família de rodoviários da Geração 7 (G7) da Marcopolo. O veículo segue os mesmo padrões de  de conforto, segurança e ergonomia da linha G7, além de um acabamento futurista e design arrojado.

Águia Branca
Visando renovar sua marca, a Viação Águia Branca vem oferecendo um melhor padrão de conforto e acomodação sem igual aos seus clientes. Agora, a empresa está pronta para apresenta seu novo layout e as novidades na frota.

A principal aquisição é um moderno Marcopolo Paradiso G7 Double Decker 1800 com chassi Mercedes-Benz O-500 RSDD, trazendo os principais itens de conforto e segurança para garantir a satisfação e bem-estar dos seus clientes.

O Marcopolo Paradiso G7 1800 DD chega para oferecer um padrão de conforto e comodidade, proporcionando uma viagem ainda mais agradável e prazerosa. As poltronas utilizam espumas especiais na região da cabeça e do pescoço, além de apoios de braço mais largos e macios.

Gontijo com cara de São Geraldo
Está sendo colocado em passos rápidos a extinção da Cia. São Geraldo de Viação pela Gontijo, desde a divulgação a marca, os ônibus vem sendo gradualmente substituídos pelas que formam o Grupo Gontijo. Na prática, a incorporação funciona de modo a transferir a razão social da Cia. São Geraldo de Viação para a Empresa Gontijo de Transportes, com todo o ativo e passivo, linhas, frota, funcionários e estruturas. 

Essa ação permite um melhor aproveitamento das estruturas e da frota, possibilitando uma maior operação e  ganho de escala, reduzindo custos, além de maior comodidade para o passageiro. Desde dezembro de 2003 os cerca de 800 ônibus e 100 linhas interestaduais da São Geraldo são controlados pela família Gontijo

Decretado o fim da São Geraldo, o Grupo está atento para as profundas alterações pelo qual o setor de linhas interestaduais de longa distância vem passando, sofrendo com a forte concorrência com o setor aéreo e com as empresas de ônibus clandestinas e não fiscalizadas pela ANTT. Hoje, as grandes empresas de ônibus operam em busca de máxima racionalização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados