sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Planalto & Ouro e Prata: União de forças para a otimização operacional

As operadoras gaúchas Planalto Transportes e Viação Ouro e Prata se uniram para um ideal objetivando o compartilhamento da infraestrutura operacional, o que significa dizer que se quer alcançar a otimização dos recursos e a redução dos custos. Com a autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a parceira está atendendo, desde o dia 5 de novembro passado, 43 linhas, atingindo 64 cidades dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

E como não se trata de uma operação simplificada, foi preciso investimentos, com a aquisição de uma nova e moderna frota de ônibus e a contratação de mais 140 motoristas, um destaque em meio à crise econômica brasileira que tem proporcionado queda significativa no nível de emprego. A inovação em logística desse segmento quer ser um diferencial. “Procuramos ampliar o ganho de escala e otimização da estrutura operacional, gerando mais eficiência, conforto e facilidades aos passageiros que viajarão em veículos de última geração e que poderão fazer conexões, principalmente no Rio Grande do Sul”, disse Carlos Bernaud , diretor de operações da Ouro e Prata.

Os novos ônibus, com carroçarias Paradiso 1350 da Marcopolo e chassi O500 RSD da Mercedes-Benz, trazem o pacote de entretenimento, com sistema de som e vídeo, carregador USB em todas as poltronas, internet a bordo e poltronas semi-leito, promovendo mais conforto aos passageiros.

A parceria ainda atenta ao fato de exploração em regiões onde não há transporte aéreo de grande porte, com distâncias que não ultrapassam os mil quilômetros, havendo espaço para o transporte rodoviário. Mas, é preciso ter um bom ônibus, igual ao que já está sendo utilizado. Além disso, a parceria ainda destaca a alta do dólar, fator que influencia nos custos da aviação, repercutindo na elevação da tarifa, tornando o ônibus competitivo.

Para Paulo Roberto Petersen, Diretor de Operações da Planalto, a parceria e o atendimento às novas linhas, são apenas o começo de ações que buscam um atendimento qualificado aos seus clientes. “Vamos ter diversos investimentos em tecnologia, como monitoramento dos veículos, percursos da viagem e ainda na frota”, comentou.

As operadoras ressaltam que há um compromisso em manter o padrão de qualidade dos seus serviços já reconhecidos no Rio Grande do Sul, sempre com avaliação altamente positiva por parte dos usuários, em todas as pesquisas sobre  qualidade do transporte  intermunicipal de passageiros no estado.
Com informações: AutoBuss

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados