segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

BRT Bezerra de Menezes gera ganho de velocidade operacional dos ônibus e reduz toneladas de CO²

Desde a implantação do Corredor Expresso Fortaleza, que interliga o Antônio Bezerra ao Papicu, os usuários da Avenida Bezerra de Menezes já podem perceber ganhos de mais de 90% na velocidade operacional do transporte coletivo e redução dos tempos de viagem.

Com quatro meses de funcionamento, o relatório de monitoramento da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) apresenta um ganho de 90,7% de velocidade dos ônibus, nos horários de pico de dia útil, pela manhã e à tarde, saindo de 10,5 km/h para 20,03 km/h.

O tempo de viagem entre a Estação North Shopping e a Estação São Sebastião caiu em 88,8%, caindo de 17 para nove minutos. A comparação considerou o monitoramento de dez linhas que trafegam pela Avenida Bezerra de Menezes, antes da implantação das faixas destinadas aos ônibus e, hoje, após a implantação do corredor exclusivo.

Os dados relativos à média diária também apresentam ganhos significativos. A velocidade operacional aumentou em 51,7%, saindo de 15,26 km/h para 23,15 km/h, e o tempo de viagem caiu de 13 minutos para 08 minutos, o que corresponde a 62,5% de redução. 

O levantamento considerou o tempo médio de viagens e a velocidade média de dez linhas do transporte regular urbano, que passam no trecho da Bezerra de Menezes, considerando o sentido ida e volta, nos horários de picos, das 06 às 08h e das 17 às 19h.

Redução na emissão de gases poluentes 
Com a instalação do corredor Expresso Fortaleza na Av. Bezerra de Menezes, outro benefício identificado foi a redução do volume consumido de óleo diesel no montante de 3.565,7 litros por dia, correspondendo a uma redução de 9.270,76 kg diariamente de CO2. De acordo com o IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, a cada 1 litro de Diesel utilizado nos ônibus é emitido na camada de ozônio uma quantidade de 2,6 kg de CO2 diariamente. 

Este cálculo é importante, pois revela a quantidade de CO2 que deixamos de emitir com a priorização do transporte coletivo, não somente no corredor exclusivo, mas também com a adoção de faixas exclusivas já que os ônibus contam com paradas redimensionadas o que provoca redução de consumo de combustível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados