sábado, 23 de janeiro de 2016

Em ano difícil, ônibus dão alívio para a Iveco

Em seu primeiro ano completo no segmento, a Iveco se posicionou em 2015 entre as quatro maiores montadoras de ônibus do país, com participação de mercado de 7,1%, acima dos 5% almejados pela empresa no fim de 2014, quando começou a produzir os veículos de transporte coletivo de passageiros em Sete Lagoas (MG).

O desempenho está sendo comemorado pela empresa, que, assim como as concorrentes da indústria de veículos pesados, teve em 2015 um ano de dificuldades, em que teve que suspender no parque industrial mineiro a produção tanto de caminhões pesados, dada a queda superior a 60% da demanda nacional, quanto dos veículos militares blindados, em razão da falta de encomendas do Exército.

Para este ano, a fabricante dos veículos comerciais do grupo Fiat vai complementar a linha de coletivos com mais dois lançamentos previstos para o primeiro trimestre: uma van da família Daily e um ônibus de peso superior a 5 toneladas. O objetivo é defender a participação de 7% num mercado que, nas contas da empresa, ficará estagnado na melhor das hipóteses.

Segundo Humberto Spinetti, diretor da divisão de ônibus da Iveco, o setor deve sofrer com o adiamento das compras pelos operadores de transporte. O principal motivo de preocupação são as mudanças no financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com o fim dos juros fixos do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) dando lugar a taxas variáveis da linha convencional do Finame.

“Os clientes costumam ter postura conservadora quando mudam as condições de financiamento”, afirma o executivo.

Em 2015, quando as operadoras de transporte seguraram investimentos na renovação da frota por conta do cenário de recessão econômica, com retirada de subsídios nos financiamentos do BNDES, a Iveco vendeu 1,2 mil ônibus.
Com informações: Valor Econômico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados