quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Mercedes-Benz testa chassi com motorização Euro 6 no Chile

Devido a sua posição geográfica (cercada por morros e a Cordilheira dos Andes), a capital chilena Santiago sofre com o grave problema de poluição. A alta concentração de gases tóxicos, principalmente durante o período de inverno, tem feito a cidade a tomar medidas fundamentais para a redução das emissões poluentes veiculares, um dos principais fatores que contribuem para esse mal.

Dentre as ações para combater o aumento da poluição, o governo local quer adotar novas tecnologias alternativas no transporte público, com uma possível renovação da frota de ônibus em 2018. Atenta a isso, a Mercedes-Benz apresentou recentemente para aquele mercado o seu chassi com motorização Euro 6, normativa vigente atualmente na Europa. Informações do representante local da montadora revelam que se houvesse uma substituição da frota de ônibus urbano de Santiago por veículos com propulsor Euro, a redução das emissões poluentes seria em torno de 72%.

De acordo com a montadora e sua representante no Chile, o baixo consumo e o alto rendimento operacional, aliados ao câmbio automático, são alguns dos destaques no chassi.

O referido ônibus possui o chassi OC500 LE (fabricado na Espanha), com motorização OM 936 de 220 kW de potência e transmissão ZF Ecolife. A carroçaria Mondego (novidade  para os mercados externos) com 13,20 metros de comprimento, é da marca brasileira Caio Induscar.
Com informações: AutoBus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados