terça-feira, 1 de março de 2016

Cadastro do Bilhete Único Intermunicipal será neste mês

Desde que assumiu como governador do Ceará, em 2015, Camilo Santana promoveu algumas mudanças. Contudo, o Bilhete Único Intermunicipal, uma das principais promessas de campanha do então candidato, em 2014, ainda não é realidade.

Conforme a Casa Civil, o projeto, aprovado pela Assembleia Legislativa no fim de 2015, deve ser lançado neste mês, quando será concluído o estudo final da implantação do benefício. Na época da aprovação, Camilo anunciou que a etapa de cadastramento dos municípios teria início em janeiro. Agora, com o prazo estendido, a previsão é de que o bilhete comece a valer somente de 60 a 90 dias após esta fase prevista.

Informações a respeito de valores e dos municípios integrantes ainda não foram divulgadas, visto que dependem dos estudos tocados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE).

Se já estivesse funcionando, o Bilhete Único Intermunicipal serviria para minimizar a quantia que Cláudia Cavalcante, 41, dispende mensalmente para ir de Mangabeira, no Eusébio, a Fortaleza.

Quando segue para a Capital, diz, é para consultas ou buscar remédios. Com o benefício, não teria, portanto, de desembolsar R$ 9 a cada viagem, somente R$ 4,50. “Seria ótimo, porque nem gasto muito tempo aqui”, disse, enquanto esperava pelo ônibus na avenida Domingos Olímpio.

Apesar de também ter boas expectativas sobre o projeto, o vendedor ambulante Francisco Antônio, 58, faz uma ressalva: “para quem vem só resolver alguma coisa, é bom, mas, para quem trabalha e só volta à noite, fica a mesma coisa”.

O projeto
Inspirado pelo Bilhete Único implantado pela gestão Roberto Cláudio em Fortaleza, o Bilhete Único Intermunicipal abrangeria, inicialmente, apenas a Região Metropolitana. Uma emenda do deputado Daniel Oliveira, entretanto, modificou o projeto para que fosse ampliado para o Cariri.

Quem for beneficiado, terá a opção de fazer integração com os coletivos da Capital pagando apenas uma passagem, por até três horas. Ao longo do dia, podem ser feitas até duas integrações, com intervalo de uma hora cada.
Com informações: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados