quinta-feira, 3 de março de 2016

Caio Millennium e Mondego: As diferenças entre os urbanos de motor traseiro

A Caio Induscar lança no mercado nacional, a quarta geração do Millennium, ônibus urbano, próprio para chassis de motor traseiro, nas versões piso baixo e normal. O modelo, direcionado principalmente para o mercado interno, foi idealizado para atender a clientes que operam em centros urbanos e corredores de ônibus.

A primeira geração do Millennium, tradicional produto da marca Caio, foi lançada em 1997. A partir dessa carroceria, a empresa se inspirou para criar seu primeiro ônibus biarticulado, pois, desde sua criação, o Millennium destaca-se pelo design moderno, de linhas limpas e arrojadas.

Assim como o Millennium, o Mondego, também urbano para chassis de motor traseiro, acabou de ser remodelado (já está em sua segunda geração). Os modelos se diferem principalmente pelo design frontal (parabrisa), balanço dianteiro e aplicação.

O Millennium possui balanço dianteiro maior, trazendo ao modelo os conceitos de velocidade e conforto, sendo oferecido nas versões piso baixo e normal. Já o Mondego, possui balanço dianteiro menor, conferindo ao modelo agilidade em ruas com ângulos de entrada maiores. É oferecido na versão piso baixo.

O Millennium atende principalmente necessidades de aplicação e características técnicas exigidas pelo mercado interno e o Mondego, especificamente para o mercado externo. Os dois modelos possuem alguns atributos em comum, como vidros do itinerário e do vigia traseiro, central elétrica inferior, cúpula traseira interna, janelas e espelho retrovisor externo. 

Buscar inovação constante, resultando em produtos que promovam o desenvolvimento da mobilidade urbana, faz parte da missão da Caio Induscar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados