sexta-feira, 4 de março de 2016

Marcopolo lança novos modelos de ônibus na Expo Foro 2016

Com o objetivo de ser ainda mais competitiva e atuar de maneira crescente no mercado mexicano – um dos mais importantes para a empresa em todo o mundo – a Marcopolo, participa pela primeira vez, da Expo Foro, que termina amanhã, dia 4 de março, na Cidade do México. A empresa lança seus novos modelos de ônibus da linha Marcopolo MP, que complementam a atual Geração 7, produzida pela Polomex, na fábrica de Monterrey.

A empresa expõe alguns dos novos modelos de sua linha MP que é composta pelos rodoviários Marcopolo MP 180 MX, MP 135 MX, MP 120 MX, MP 105 MX e pelo urbano Marcopolo MX 60 BRS. São expostos um urbano Torino, modelo de maior sucesso da marca no mercado mexicano, e outros veículos nos estandes da Mercedes-Benz, da Scania e Volvo.

O lançamento dos novos modelos da linha MP marcam um novo momento e foco da Marcopolo no mercado mexicano. “Este é um dos projetos mais importantes para a Marcopolo desde que iniciou suas atividades no México, e vemos o momento como um novo começo para a empresa no país. A estratégia é atender as demandas do mercado e oferecer diferentes veículos com diversas opções chassis. O objetivo é diversificar para crescer e ampliar nossa participação”, explica Paulo Andrade, diretor-geral da Polomex.

Produção local
Este novo modelo de negócio permitirá à Marcopolo fabricar na fábrica da Polomex, em Monterrey, todos os veículos do seu atual portfólio, disponíveis em outros mercados. Os modelos urbanos serão montados completamente na unidade de Monterrey e os rodoviários continuarão a ser importados do Brasil em sistemas CKD e PKD, além de outros projetos especiais.

Atualmente, o índice de nacionalização dos ônibus rodoviários é de 20 a 30% e para os produtos urbanos, de 70 a 80%. O objetivo da empresa continuará sendo a produção local, incluindo a fabricação de peças e componentes dos veículos e assim, fortalecer ainda mais a sua presença no mercado e na indústria automotiva mexicana.

A Polomex pretende exportar seus produtos para os países geograficamente próximos ao México, de acordo com as condições de competitividade internacionais. “No que diz respeito ao potencial de mercado, o México é o segundo maior da América Latina na produção de ônibus, atrás apenas do Brasil, e temos capacidade para produzir 4,5 mil unidades/ano na planta de Monterrey”, destaca Paulo Andrade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados