quarta-feira, 30 de março de 2016

O primeiro ônibus Double Decker do Ceará

Por Fortalbus
Em 1999, a pioneira no ramo de transportes coletivos no Ceará, Redenção Transporte e Turismo, inovava no segmento adquirindo os primeiros ônibus de dois andares do estado. Os rodoviários de dois pisos tornaram-se comuns nas estradas brasileiras a partir da segunda metade da década de 1990, porém, os primeiros legitimamente cearenses, chegaram por aqui apenas em junho de 1999.

Além da inédita aquisição, os veículos trouxeram uma atualização da identidade visual da Empresa Redenção, com uma nova tipografia e desenhos circulares mantendo as cores tradicionais da Empresa. Com os prefixos 286 e 287, os veículos tinham as mesmas configurações, carroceria Marcopolo Paradiso GV1800DD com chassi Mercedes-Benz O400RSD. A capacidade era para 48 passageiros nas poltronas e 12 no salão de jogos localizado na parte inferior.

A bordo, o que havia de mais moderno para a época, proporcionado conforto na permanência dos passageiros durante viagens e excursões. Ar condicionado, suspensão a ar, barzinho, videocassete, telefone interno, toalete, monitoramento com circuito interno, cafeteira e forno elétrico eram alguns dos itens que equipavam a dupla “Double Decker Geração 2000”.
Apresentação dos ônibus em junho de 1999
A apresentação do “Double-Decker” aconteceu durante um passeio do Parque do Cocó ao Beach Park, com coquetel para os convidados a bordo. Inicialmente, os dois veículos atuaram em fretamentos e excursões, sendo a primeira viagem da dupla em direção ao Lençóis Maranhenses. Um grupo de jipeiros da Sertões Off Road, contratou o serviço do Double Decker, enquanto um caminhão cegonha levava os jipes até o início dos Lençóis.

Logo depois, os ônibus ingressaram no transporte de passageiros das linhas que serviam as cidades de Senador Pompeu, Quixadá, Quixeramobim e Acaraú. Mais tarde, também foram escalados para transportar passageiros para um dos destinos turísticos mais procurados do Ceará, a bela Jericoacoara, trecho que era realizado também pela Redenção com veículos de tração 4x4.

O novo visual que chegou com os “Double Deckers”, marcou também uma nova fase da empresa, pois todos os ônibus passaram a ser adquiridos com ar condicionado, mudando aquele estereótipo de que viajar pelo interior cearense era sinônimo de desconforto e muito calor. Com a proximidade da entrada no novo século, a frota com a nova pintura foi batizada de “Via Express 2000”.
Piso inferior com sofás de um dos ônibus
Por muitos anos, a dupla de “Double Decker” da Redenção foram os únicos deste tipo a operar nas linhas regulares intermunicipais, no entanto, após o encerramento das atividades da empresa neste setor em 2009, a mesma passou a dedicar-se apenas para o fretamento e turismo. Com a nova fase, nova identidade visual, cada um dos ônibus receberam uma diferente roupagem.

O carro 287, renumerado para 002, recebeu a cor predominante prata, visual escolhido para a padronização dos demais veículos da frota. Já o 286, então 001, ganhou uma espécie de “pintura protótipo”, com as cores prata, laranja e preto em formas horizontais. Atualmente, as duas unidades não pertencem mais à Redenção Transporte e Turismo.

Pioneirismo e modernidade fizeram da Redenção Transporte e Turismo, uma das mais conceituadas empresas de transporte ao longo de mais de setenta anos de atividades, comprovado mais uma vez na aquisição destes dois ônibus que marcaram a história recente do transporte de passageiros no Ceará.

Um comentário:

  1. Os primeiros Double Decker foram três, 283,284 o outro não lembro do prefixo. Lembro ainda quando vinha os três Double Decker um sofreu acidente com o motorista Dias sem gravidade.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados